quarta-feira, 1 de maio de 2013

Carteiras de estudante: 30% das escolas ainda devem dados

A partir desta quarta-feira (1/05), os alunos da rede ensino que não atualizaram o cadastro perderão o benefício de aquisição da meia passagem, com 50% de desconto, enquanto sua situação não for regularizada. No final da tarde de ontem (30), das 540 instituições de ensino cadastradas na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), mais de 150 - cerca de 30% - ainda deviam informações dos estudantes para atualização do cadastro.
O IFRN Campus Central, na Salgado Filho, só atualizou 37% das informações e a Facex fez 36,57% do cadastro de seus alunos. De acordo com o secretário-adjunto de Transporte da Semob, Clodoaldo Cabral, cerca de 250 mil estudantes estavam com a situação regularizada até ontem. Ontem terminou, tanto o prazo de validade do selo estudantil oferecido pela Prefeitura e utilizado junto ao cartão de passagem NatalCard, quanto o prazo para as instituições de ensino, privadas e públicas, atualizarem o cadastro dos alunos matriculados.

Essa atualização cadastral  garante o direito desses estudantes adquirirem meia passagem em ônibus. Com o fim do prazo, dezenas de estudantes e pais se acumularam na praça Augusto Severo, na Ribeira, onde há um dos pontos de venda de passagens para NatalCard. Porém, a ida ao local de abastecimento dos cartões era necessária apenas para os alunos que desejam adquirir o selo, necessário para entrada em eventos culturais.

Clodoaldo Cabral explicou que não dá pra saber o quantitativo de estudantes das escolas que ainda não atualizaram o cadastro, justamente porque a instituição de ensino é quem fornece o total de alunos matriculados. Essa função de atualizar anualmente a relação de alunos ativos cabe à direção da instituição.

A atualização é feita pelo  site www.ieegratuita.com.br. Por isso, o secretário adjunto de Transporte lembra a importância de as escolas manterem esse cadastro atualizado dentro do prazo estipulado e já adiado. “As escolas devem atualizar a situação dos estudantes e esses alunos podem questionar as escolas sobre situação do cadastro”, afirma o adjunto.

Selo: Já em relação ao selo estudantil, Clodoaldo Cabral destaca que esse não é essencial para a aquisição de novas passagens de transporte. “Não é necessário selo nenhum para reabastecer o NatalCard. É preciso que o estudante esteja regularmente cadastrado com a Prefeitura”, disse ele, lembrando que a regularidade do cadastro do aluno pode ser conferida no site www.portaldoestudantenatal.com.br. Ele lembra que o selo é necessário para que o cartão de passagens seja utilizado como carteira de estudante em eventos culturais em Natal.

Porém, deve-se considerar que o impasse acerca da atualização do selo ocorre apenas com aqueles que utilizam meia entrada através do cartão da Prefeitura. Nos casos de carteiras estudantis oferecidas por outras entidades, como UNE e UBES, por exemplo, nada é alterado em relação ao uso e funcionamento.

Apesar da data, as escolas podem atualizar a situação desses alunos após o dia 30, bem como os estudantes podem adquirir, gratuitamente, o selo estudantil após o mesmo dia. O que Clodoaldo Cabral frisa é a situação de “não-estudante” que essas pessoas ficarão até que tenham regularizado o selo ou o cadastro junto à Semob.

Segundo o adjunto de Transportes, a secretaria também investiga casos de instituições desativadas, mas que no sistema consta alunos matriculados. “Vamos procurar quem teve acesso ao sistema e quem colocou essas pessoas como estudantes no cadastro feito ano passado”, afirma.

Caso similar também é avaliado considerando cursinhos preparatórios para concursos, que não têm o direito de oferecer condição de estudante aos matriculados. Cabral apela ainda para que os usuários do transporte públicos que não são estudantes não utilizem cartões de outras pessoas. “Estamos apreendendo cerca de 60 cartões por dia em casos como este”, disse Clodoaldo.

Filas: Alguns dos principais pontos de venda de passagens de ônibus do NatalCard apresentaram filas durante todo o dia de ontem (30) para troca do selo de estudantes nos cartões de passagens. Um desses locais foi o ponto na Praça Augusto Severo, em frente ao Teatro Alberto Maranhão, na Ribeira.

Com prazo de validade encerrando hoje, após adiamento de um mês, muitos usuários deixaram para fazer a troca no último dia. Apesar de a fila ter como objetivo a troca do selo, que permite utilizar o cartão de passagens como carteira de estudante, funcionários do NatalCard lembram que a troca não é obrigatória para continuar a usar as passagens de ônibus e fazer recargas.

"O importante para utilizar as passagens é estar regular no cadastro da Semob, que pode ser conferido no Portal do Estudante Natal. Se estiver regular, não é necessário trocar o selo hoje", disse uma funcionária. Porém, ela lembra que, para uso em eventos culturais, incluindo cinema, é necessário que o estudante tenha o selo 2013.

Edvan Saraiva, 43 anos, motoboy, é um dos que esteve na fila na manhã de hoje. Ele diz que foi à Central do NatalCard para renovar o cartão da fila, aproveitando o período de mudança do selo de estudante. "Quando cheguei lá, disseram que eram distribuídas 80 fichas até as 7h", disse. Desistindo de trocar de cartão, Edvan decidiu mudar apenas no selo, no ponto da praça em frente ao TAM.

Ele, que chegou por volta das 7h50, estava no fim da fila, que dava voltas. As primeiras pessoas da fila disseram que chegaram ao local antes das 7h. Durante toda a tarde também houve fila no local.

Fotos: Adriano Abreu (Tribuna do Norte)
Com informações: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário