quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Licitação do ônibus em Natal exclui linhas de Parnamirim e São Gonçalo

As linhas de ônibus que transportam passageiros dos bairros de Nova Parnamirim, em Parnamirim; Regomeleiro  e Golandim, que ficam em São Gonçalo do Amarante, não estarão mais incluídas no sistema de transporte urbano de Natal. Caberá ao Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER), e aos respectivos municípios onde essas linhas têm origem, administrar itinerário, fiscalização e preço da tarifa que, por enquanto, ainda estão indefinidas, segundo o DER.

A exclusão no edital de licitação de Natal abre precedente para que essas linhas tenham tarifas diferentes e até restrições no percurso que fazem dentro da cidade. Ocorre que se tratam de linhas de outros municípios que atendem às áreas cornurbadas, ou seja, que se misturam no limite entre os municípios. Elas operam como se fossem linhas de Natal, fazendo percursos das linhas da cidade e cobrando a mesma tarifa.

A diretoria do DER já se reuniu nesta semana com representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) para se aprofundar sobre detalhes do edital de licitação, lançado também nesta semana. O diretor geral do órgão estadual, Jorge Ernesto Pinto Fraxe, anunciou que o estado também planeja lançar processos licitatórios para o transporte intermunicipal e que estuda como vai reorganizar essas linhas das áreas cornurbadas.

"Onde foi retirado é porque o DER assume. Se vamos fazer edital de concessão dessas linhas ou outro processo para absorver as empresas que já estão operando nelas, ainda não sei. Estamos fazendo esse estudo, sempre com a preocupação no usuário. Não terá nenhum prejuízo na mudança para o usuário", declarou. Para Fraxe, a princípio não há necessidade de aumentar o valor da tarifa, que atualmente custa R$ 2,90 assim como nas linhas de Natal.

"Se as tarifas já estão estabelecidas para estas linhas, com o itinerário que fazem, e a pessoa já paga na mesma tarifa, porque deveríamos mudar?", questiona o diretor do DER, ressaltando que esta justificativa está sendo considerada nos estudos. É importante frisar que o valor da passagem dos ônibus em Natal vai aumentar 60 dias após a conclusão da licitação, passando para R$ 3,45.


Entre essas linhas, uma exceção: a linha 04, que faz o percurso Amarante/Mirassol. Ela parte do mesmo terminal da linha 173 (Regomoleiro/Petrópolis), que é considerada metropolitana e não está incluída no edital. Porém, no edital, a 04 aparece saindo de um terminal inexistente. Quem utiliza esta linha continuará sendo beneficiado como os usuários das linhas de Natal com o sistema de integração, utilização dos cartões de gratuidade e de estuduante, emitidos pela STTU e mesmo valor da tarifa urbana.

O secretário-adjunto da STTU, Clodoaldo Cabral, diz que a linha 04 opera em caráter diferente, sendo quase sua totalidade em Natal, mas que as outras nunca pertenceram e nem podem pertencer à Natal, nem serem geridas pela capital. "São linhas que nunca fizeram parte do sistema municipal e agora terão autonomia para usar tarifa diferenciada e ficam dentro da organização do DER. Não é a prefeitura que define itinerário; é o DER, inclusive as ordens de serviço. Os impostos dessas linhas também não ficam para Natal", esclarece.

Ele defende uma discussão técnica entre a STTU,  DER e representantes da região metropolitana para analisar uma possível integração do transporte metropolitano e reorganização do itinerário, afim de desafogar as vias da capital. "É bom que haja trabalho em conjunto. O edital de licitação prevê integração com linhas intermunicipais. Há itinerários autorizados pelo DER que não cabem e interferem no trânsito de Natal. Já conseguimos tirar e redistribuir linhas intermunicipais porque estava interferindo no trânsito e estávamos implantando os corredores para os ônibus coletivos", diz o secretário.

Mudança nas linhas

Clodoaldo Cabral ressalta que o edital de licitação reordena o sistema de transporte urbano de Natal.  Entre as mudanças, há alteração nas linhas e nomenclaturas. “Estamos reformulando algumas linhas nossas para não atrapalhar os usuários. A intenção é proporcionar mais opções e mobilidade, além de qualidade no serviço”, diz.

Entre as mudanças, a linha 01 (que hoje é desmembrada em 01A e 01B, fazendo itinerário circular inverso uma da outra na zona norte) deixa de ser desmembrada. Estas linhas, que fazem, respectivamente, as rotas Cidade da Esperança-Parque dos Coqueiros - Gramoré e  Esperança-Gramoré-Parque dos Coqueiros, passarão a se chamar Felipe Camarão/Nova Natal, não vai mais atender o Parque dos Coqueiros e seu terminal será alterado.

Já a linha 78A (Santarém/Praça Cívica via Ponte Newton Navarro) voltará a circular e a 78A47 (Santarém/Nova Descoberta via Ponte Newton Navarro - Arena das Dunas) mudará para a linha 47, sobrepondo a 78A. Serão, então 2 linhas fazendo o itinerário Santarém/Praça Cívica ao invés de uma.

Também foi lançado um edital licitatório para os alternativos e neste é criada uma linha com terminal com no campus universitário da UFRN, a linha 303 (Candelária/Campus).

Deixam de integrar as linhas de Natal
173 - Regomoleiro / Petrópolis
175 - Golandim / Petrópolis
176 - Golandim / Mirassol
195 - Golandim / Rodoviária
Todas as linhas de Nova Parnamirim

Fonte: Novo

Nenhum comentário:

Postar um comentário