sábado, 28 de janeiro de 2017

Scania celebra o ano de 2016 no México

Foto: Divulgação
O ano de 2016 para a Scania do México foi de comemoração em sua área de vendas de ônibus. Foram 1.100 pedidos e entregas de 882 unidades (25% a mais em relação á 2015). No segmento rodoviário, a marca ficou com cerca de 50% de participação. O mercado mexicano representa um diferencial para a fabricante, pois foi o que apresentou o maior crescimento em 2016, dentre as unidades localizadas fora da Suécia. Houve ainda um incremento de 40% no faturamento no setor de peças, 32% no de mão de obra e os contratos de serviços atingiram o volume de 3.500, estando presente em mais de 60% da frota Scania circulante por lá.

A estratégia da montadora em sua expansão foi ampliar sua presença naquele país por meio de uma estratégia em que pese o reforço à rede de concessionárias (toda própria), às vendas para aqueles clientes de menor porte, um pós-vendas com um atendimento dedicado e com a maior atenção ao mercado de urbanos, atuando mais recentemente na cidade de Tijuana, onde houve uma modernização do sistema de transporte público local com a substituição de veículos menores e antigos por modelos de ônibus adequados à uma demanda que exige conforto e segurança. “O mercado mexicano é muito dinâmico e que está recebendo muitos investimentos, principalmente na área automotiva”, disse Enrique Enrich, diretor geral da Scania México.

Em termos de tecnologia e novos conceitos, o executivo enfatiza a proposta do ônibus a gás natural/biometano como forma de redução das emissões de poluentes em áreas urbanas. A Scania tem uma expertise sobre esse assunto na América Latina e quer ampliar esse conhecimento no México ao oferecer modelos de ônibus com a tração alternativa, objetivando um ambiente mais limpo. “Somente a Cidade do México tem uma enorme concentração de material particulado, o que favorece nossa tecnologia do gás com os propulsores Euro 6 que já produzimos. Nossa intenção é trazer o mais novo chassi biarticulado da marca equipado com essa motorização para ser apresentado e avaliado na capital, pois trata-se de uma alternativa limpa e viável economicamente”, observou Enrich.

O sistema de BRT (Trânsito Rápido de Ônibus) é outro segmento que a Scania trabalha para aumentar sua participação de negócios no México. A montadora já tem três unidades de seu modelo biarticulado em operação no Metrobus, sistema implantado na Cidade do México. Outras 22 unidades estão em processo de negociação para atuarem na mesma operação. “O mercado de BRT no México ainda tem muito espaço para crescer. Posso adiantar que vamos trabalhar muito para estar presentes em outros projetos que venham ser implantados no futuro”, enfatizou o diretor da Scania.

Fonte: Revista AutoBus

Nenhum comentário:

Postar um comentário