domingo, 12 de fevereiro de 2017

Retrô: A presença do Busscar Urbanus II em Natal


Nossos leitores puderam acompanhar na semana passada, aqui no UNIBUS RN, uma edição da coluna Retrô que mostrou o antigo carro 4170, da empresa Nossa Senhora da Conceição. O carro era apenas um dos vários Urbanus, modelo fabricado pela montadora Busscar, que fizeram parte da frota de Natal e da região metropolitana. Hoje, vocês poderão conferir a presença do Urbanus na frota de ônibus de Natal.


E não foram poucos! Lançado em 1987 quando a montadora ainda se chamava Nielson, unidades do então “Nielson Urbanus” foram compradas por empresas potiguares. Quando o modelo passou pela primeira atualização, se tornando Urbanus, em 1990, novamente foi escolhido por empresas locais. Mas o auge da compra do Urbanus foi a partir de 1994, com o modelo Urbanus II, tema da nossa coluna de hoje.

É importante destacar que o Urbanus II passou por pequena atualização dois anos após seu lançamento, em 1996. Quando lançado, em 94, o modelo herdava linhas retas da geração anterior. A partir de 96, há mudanças no desenho frontal e traseiro do veículo.

De acordo com os registros, os primeiros Urbanus II foram comprados pela empresa Riograndense, montados sob chassis Mercedes-Benz, que operavam linhas em Natal e na região metropolitana. Além da Riograndense, as empresas Pirangy e Nossa Senhora da Conceição também tiveram a primeira versão do Urbanus II, porém, comprados usados do Rio de Janeiro, tendo chegado a Natal em meados de 1999. Na Pirangy, os ônibus tinham chassi Ford, e na Conceição, eram Ford e Mercedes-Benz.


 

Em 1996, com pequenas mudanças no desenho, tornando as linhas mais harmonizadas, foi à vez de, novamente, a Riograndense comprar o modelo, acompanhado da extinta Cidade do Sol. O chassi escolhido para os carros foi da marca Mercedes-Benz. Os ônibus da Cidade do Sol foram repassados à empresa Santa Maria, que a comprou, ainda em 1996.


 

Além delas, a empresa Campos, que opera linhas que ligam o litoral a sul à Natal, também adquiriu três unidades do Urbanus II: dois deles montado sob chassis Mercedes-Benz, e um montado sob chassi Scania.

 

Também tivemos o Urbanus II 1996 usados de empresas do Rio de Janeiro, nas empresas Pirangy e Conceição. Ambas compraram sob chassi Mercedes-Benz.



Na Conceição, havia três carros que se diferenciavam dos demais que a empresa havia comprado zero quilômetro: eram três veículos que foram repassados pela empresa Riograndense, junto com a linha 59, que até então tinha o trajeto Brasília Teimosa/Guarapes. A linha era operada pela Riograndense e foi negociada com a Conceição no final dos anos 1990. Junto com a linha, houve o repasse de três veículos da Riograndense.


Também houve um repasse de Urbanus Ii da Riograndense à empresa Trampolim da Vitória, em 2005, após as linhas de Macaíba e São Gonçalo, que eram da Riograndense, passarem a ser operadas pela Trampolim.



A Santa Maria também trouxe Urbanus II, com chassis Mercedes-Benz, usados para Natal. Alguns veículos que operavam linhas no estado da Paraíba vieram para a capital potiguar no início dos anos 2000.


A compra dos primeiros Urbanus II 0 km da Conceição foi feita no ano de 1997. No ano seguinte, em 1998, a empresa Guanabara também adquiriu unidades do modelo. Ambas as empresas também escolheram a marca Mercedes-Benz para os chassis dos ônibus.

 


A partir de 2001, os Urbanus II começaram a ser desativados. Os primeiros, foram os da empresa Pirangy, assim que ela foi comprada pela Reunidas. Em 2005, foi a vez da Santa Maria aposentar os veículos. Entre 2010 e 2012, Guanabara, Conceição, Riograndense e Trampolim da Vitória também retiraram seus Urbanus de circulação. A Campos foi a última empresa a aposentar seus Urbanus, entre 2013 e 2015.

Urbanus da Riograndense rodaram em Natal até o final das atividades da empresa na área urbana, em 2012

Por Thiago Martins
Fotos: Acervo UNIBUS RN / Acervo Natal de Ontem / Busão de Natal / Gabriel Romain / João Maria Gomes / Renato Valdevino

Nenhum comentário:

Postar um comentário