sábado, 11 de março de 2017

Produção de ônibus têm primeiro bimestre fraco

Como consequência da falta de definições do governo nos investimentos em transporte e infraestrutura, o setor de ônibus ainda registra forte queda nas vendas, mesmo na comparação com o já ruim 2016. As vendas de ônibus no primeiro bimestre somaram apenas 932 unidades, registrando queda de 46,2% ante os mesmos dois meses de 2016. 

De acordo com a Anfavea, o setor estagnou à espera do Refrota, programa anunciado em dezembro pelo governo que prevê R$ 3 bilhões para o financiamento de 10 mil ônibus este ano com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). 

O setor de ônibus vive melhor momento no mercado externo. Nos dois primeiros meses o País exportou 1.053 unidades, anotando alta de 24,2%. O maior volume embarcado foi de modelos urbanos, 725 unidades e acréscimo de 33,3%. A produção total (urbanos e rodoviários) somou 2,4 mil unidades e queda de 9,6%.

Via Fortalbus

Nenhum comentário:

Postar um comentário