terça-feira, 25 de julho de 2017

Devido às chuvas, Semov adia recapeamento da Prudente de Morais

Inicialmente previsto para esta segunda-feira (24), a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov) deve iniciar, até a próxima quarta (26), o recapeamento asfáltico na Avenida Prudente de Morais, no trecho compreendido entre a Avenida Alexandrino de Alencar, no bairro do Tirol, até a Rua Mossoró, em Petrópolis. No entanto, segundo a Semov, a execução dos trabalhos na data prevista está condicionada à secagem do atual pavimento da via, que está encharcada em virtude das chuvas que caíram em Natal no último final de semana. Até lá, o tráfego de veículos no local segue sem alterações.

Adriano Abreu/Tribuna do Norte

"Não temos como aplicarmos a nova camada de asfalto se o pavimento atual estiver umidecido. É preciso 48 horas de sol para secar. A partir do momento em que não houver mais possibilidade de chuva, a gente começa o recapeamento", explica Tomaz Neto, titular da Semov. Ele destacou que, apesar do adiamento, equipes da empresa responsável pelo serviço realizaram a varrição, na manhã de hoje, do trecho que receberá o novo pavimento.

Durante a tarde, a reportagem da TRIBUNA DO NORTE percorreu o trecho e não constatou a presença de funcionários ou de maquinário na região. Caso o tempo permaneça com sol, o secretário afirma que os trabalhos podem ser iniciados nesta terça-feira e devem durar ao longo de 20 dias.

O recapeamento deverá iniciar no sentido Petrópolis - Candelária, ocupando uma das três faixas da via. Outras duas permanecerão livres para o tráfego. Porém, as frentes de trabalho devem avançar à medida em que o fluxo de veículos for menos intenso em um dos sentidos da avenida. Para tanto, agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) devem orientar as equipes responsáveis pelo recapeamento de acordo com o comportamento do trânsito no trecho.

Desvios e transporte coletivo

A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) informou que as linhas de ônibus que trafegam pela Prudente de Morais, no perímetro correspondido entre a Avenida Alexandrino de Alencar e a Rua Mossoró, não sofrerão mudanças nos itinerários. "Quando a faixa preferencial para o transporte coletivo passar pelo recapeamento, iremos deslocar ou recuar as paradas de ônibus de acordo com o avanço da obra", explica Rogério Leite, diretor de fiscalização da STTU.

Já para os demais motoristas que seguem pela Avenida Prudente de Morais, no sentido Candelária - Centro até a Rua Joaquim Fagundes, podem utilizar como rotas alternativas as avenidas Romualdo Galvão e Hermes da Fonseca. Após a Joaquim Fagundes, os condutores pode mseguir pela Campos Sales, Rodrigues Alves, Afonso Pena e Hermes da Fonseca. No sentido oposto (Centro - Candelária), a sugestão da STTU aos motoristas é seguirem pelas avenidas Deodoro da Fonseca, Jaguarari e Olinto Meira. Um total de 12 agentes de mobilidade devem atuar nos trabalhos de organização do fluxo viário.

Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário