terça-feira, 18 de julho de 2017

Governo do Estado fará licitação de novas linhas intermunicipais no RN

Um estudo aprofundado sobre as linhas intermunicipais de ônibus que cortam o Rio Grande do Norte, irá embasar a realização de licitação para o setor de transporte de passageiros no Estado. A iniciativa, conduzida pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER-RN) com apoio técnico da Secretaria Estadual da Administração e dos Recursos Humanos (Searh), irá priorizar a criação de novas rotas e a reativação de linhas ociosas. As linhas regulares e, atualmente, em operação não estão no foco desse processo licitatório. A meta do Governo é concluir os estudos e abrir concorrência ainda este ano.


Ainda não está definida a quantidade de rotas que serão criadas, nem quais linhas voltarão a funcionar. “Estamos na primeira fase do processo: recebemos os dados iniciais do DER com informações sobre as linhas. O estudo é complexo, e no momento temos uma ideia básica do que precisa ser feito”, disse Cairo David Souza e Paiva, coordenador de compras governamentais da Searh.

Paiva adiantou que as linhas que operam de forma irregular também serão licitadas. “A intenção, pós-licitação, é tornar o serviço mais cômodo e seguro para o passageiro dentro das possibilidades”, destacou.

As audiências públicas são abertas a qualquer pessoa, inclusive empresários interessados em entrar na concorrência, e a primeira aconteceu nesta segunda-feira (17), às 10h, no auditório da Escola de Governo, no Centro Administrativo.

Apesar da intenção da Searh e do DER-RN em concentrar as audiências em Natal, articuladas com conselhos municipais de transporte de todas as regiões do RN, não está descartada a possibilidade de realizar audiências públicas em outras cidades. “Importante é garantir a participação da população”, frisou Cairo Paiva. Os números preliminares que irão nortear a licitação, como a quantidade de novas rotas a serem criadas, linhas que serão reativadas, linhas irregulares que também serão licitadas e os municípios atendidos serão apresentados ao longo das audiências.

Integração
A Comissão Especial de Licitação integra membros do DER-RN e da Searh, e tem validade de seis meses – esse prazo pode ser renovado por igual período. “Na medida que os estudos avançarem é que iremos verificar a necessidade”, disse o coordenador de compras governamentais da Searh. O gestor acrescenta que os estudos também irão considerar a viabilidade de questões como integração entre linhas intermunicipais; a integração dos intermunicipais com o transporte urbano e outros modais como os trens urbanos.

“Temos um direcionamento inicial, repassado pelo DER, e a Searh irá adequar de forma técnica ao que precisa acontecer”, ressaltou Cairo Souza e Paiva, antecipando que a licitação também irá especificar os padrões que os veículos deverão atender para serem habilitados na concorrência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário