segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Até que o ônibus os una!

Muitas pessoas nem reparam, mas o ônibus faz parte direta ou indiretamente da vida e do dia a dia. Diversos momentos marcantes têm o ônibus como protagonista ou como figurante. O veículo sempre está lá, marcando o primeiro emprego, o namoro, a primeira viagem inesquecível, o primeiro dia na escola ou faculdade, enfim, diversas situações.


Inclusive, muitos casamentos começaram em um ônibus: a troca respeitosa de olhares, o sorriso, o bom dia, a convivência e pronto… assim como o coletivo, o coração já está acelerando e acolhendo mais uma pessoa. Mas, casamentos se concretizarem dentro de um ônibus , aí já não é algo tão comum.

No entanto, foi o que aconteceu com um casal no Paraná. Diego e Lilian já atuavam na área de transportes. Um dia, já noiva, Lilian viu uma reportagem de TV que exibia uma noiva num caminhão. Querendo sair da “mesmice” de limusines e carros clássicos, a decisão foi incontestável: o casamento tem de começar e ser festejado num ônibus.

Diego concordou. Mas não bastaria apenas a noiva chegar no veículo. O ônibus deveria ser um personagem especial, como se fosse um padrinho no dia do casamento. A data foi 31 de outubro de 2014.


Antes, um “gigante” de 18,6 metros foi devidamente preparado.

O ônibus articulado com chassi Volvo B340M, carroceria Neobus Mega BRT, primeiramente recebeu um “banho especial”.

Além da limpeza convencional, cada friso, cada cantinho, recebeu um trato.

Não foi só isso. O objetivo era vestir o ônibus de gala, como se ele fosse um dos convidados especiais….e na verdade, era mesmo.

A lataria recebeu uma adesivação com as fotos de Lilian e Diego e imagens que passavam a conotação de uma festa romântica.

Nos letreiros laterais e dianteiro, onde normalmente são exibidos os destinos das linhas, apreciam os nomes dos noivos e mensagens como Recém-Casados.

Sob a carroceria, foram colocadas luzes de neon.

Por dentro, também havia decoração caprichada, afinal, era no ônibus que o enlace matrimonial começaria a acontecer.

Balões com imagens dos ônibus foram distribuídos pelo espaço onde cabem habitualmente em torno de 120 passageiros, entre sentados e em pé.

O veículo não trouxe apenas a noiva. Houve uma logística.

Todo elegante, o ônibus surgiu incialmente no local das fotos escolhidas pelos noivos e onde todos os padrinhos seriam recebidos. As imagens foram feitas e o Neobus Mega Volvo apareceu em quase todos os cliques.

Depois, os padrinhos seguiram no veículo até a igreja. E advinha quem ficou na porta, em lugar especial? Sim, o simpático gigante.

Mas não foi só isso. Após a bênção sobre o casal e a concretização do enlace, o veículo entrou em ação de novo.

A festa começou dentro do Volvo Neobus. Foi no ônibus, em movimento, que os recém-casados, pais e mães dos noivos e padrinhos estouraram a champagne.


O ônibus rodou por mais de 25 quilômetros e 40 minutos até o local fixo da festa.

Por onde o veículo passava, chamava a atenção: as pessoas sorriam, acenavam, tiravam fotos, buzinavam seus carros … a festa, a decoração e o porte do veículo também convidavam a todos de fora a participarem, nem que seja por alguns breves minutos, daquele momento do casal e da família.

A ocasião foi tão marcante que Diego não teve dúvida: pegou uma miniatura exatamente do  modelo original, foi no mesmo lugar que fez a adesivação para o ônibus de verdade e, com o mesmo arquivo da arte, colocou os adesivos na miniatura.

Toda a vez que o casal vê o imponente ônibus fazendo seu trabalho diário de servir à população, o casal se lembra daquele momento tão especial.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário