terça-feira, 26 de setembro de 2017

BRT transporta mais de 400 mil pessoas no Rock in Rio e é alvo de vandalismo

Em seis dias de Rock in Rio, mais de 400 mil passageiros foram transportados pelos ônibus do BRT, segundo o consórcio que administra o sistema. Somente no sábado (23), cerca de 75 mil pessoas usaram o modal. Veículos e estações, no entanto, foram alvo de vandalismo e depredação.

Foto: Divulgação/Consórcio BRT

No primeiro sábado do festival (16), ambulantes depredaram a estação Morro do Outeiro, ligada ao terminal Centro Olímpico, após a chegada da Guarda Municipal. Na madrugada deste sábado, criminosos destruíram portas e vidros nas estações Salvador Allende, do corredor Transoeste, no Recreio, e Otaviano, do Transcarioca, em Madureira.

Já na manhã de sábado, cinco ônibus que estavam estacionados perto do terminal Alvorada tiveram os extintores de incêndio retirados e acionados pelos vândalos.

Três estações do corredor Transcarioca (Olaria, Pedro Taques e Pastor José Santos) foram fechadas na semana passada após furtos de cabos de energia. A ação destruiu completamente o sistema elétrico e a rede de dados das estações. Dessas três, apenas Pedro Taques voltou a funcionar.

De acordo com o consórcio BRT, no primeiro semestre de 2017 foram gastos R$ 12 milhões com o desgaste precoce de equipamentos e com o vandalismo.

G1 RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário