terça-feira, 5 de setembro de 2017

Petrobras anuncia sexto aumento seguido do diesel, que já acumula alta de 8,9%

A Petrobras anunciou ontem, segunda-feira (dia 4), um novo aumento no preço da gasolina. Já é o quatro consecutivo. A estatal argumenta que os preços no mercado internacional subiram com os impactos do furacão Harvey nos Estados Unidos.

Foto: Divulgação


A partir de zero hora desta terça a gasolina ficará 3,3% mais cara. Com os reajustes anteriores, iniciado no fim do mês de agosto, a gasolina vendida pelas refinarias da Petrobras ficará 11% mais cara.

O preço do diesel terá 0,1% de aumento, o sexto reajuste seguido, o que implica em alta acumulada de 8,9%.

Conforme anunciamos em agosto, o diesel tem um forte impacto nos custos dos ônibus urbanos. O diesel representa, em média 23%, do custo do transporte e é o segundo maior gasto para operação de serviços de ônibus, ficando abaixo apenas da folha de pagamento do pessoal.

Em comunicado, a Petrobras justificou o aumento: “Na última semana, em face dos impactos do furacão Harvey na operação das refinarias, oleodutos e terminais de petróleo e derivados no Golfo do México, os mercados de derivados sofreram variações intensas de preços”.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário