quarta-feira, 13 de setembro de 2017

PR: Viação Garcia recebe recursos pelo Refrota para a compra de 30 ônibus

A Viação Garcia, empresa do Grupo Brasil Sul, recebeu nesta segunda-feira, 11 de setembro de 2017, o crédito de R$ 9 milhões para a renovação de ônibus urbanos pelo Refrota 17, programa de financiamento com recursos do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, do Ministério das Cidades. A informação é da própria companhia de ônibus ao Diário do Transporte.

É a primeira empresa de ônibus a ter o valor creditado de fato no âmbito da linha de financiamento que integra o programa Pro-Transporte, do Governo Federal.

A primeira apresentação de proposta com aprovação foi da Suzantur de Mauá, mas a empresa do ABC Paulista, como serviu de laboratório para a Caixa Econômica Federal, enfrentou problemas até a instituição bancária se ajustar.

Diferentemente da Suzantur, que fez a operação com a Caixa Econômica Federal, a Viação Garcia escolheu como agente financeiro o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.

O total de investimento é de R$ 9 milhões 516 mil 900, sendo que 9.041.055,00 ( 95%) financiados e R$ 475.845,00 ( 5%) como contrapartida exigida, com recursos próprios da empresa de ônibus.

Segundo a Viação Garcia, foram duas cartas-consultas assinadas em 13 de fevereiro deste ano, com 15 ônibus para Maringá e outros 15 para Londrina. A empresa diz que “o valor aprovado nas Cartas Consultas foi superior ao valor faturado”.

A aprovação do financiamento foi publicada no Diário Oficial da União em 10 de maio de 2017


A Garcia deve receber 30 ônibus chassi Mercedes-Benz OF1721 (Euro V), carroceria Marcopolo Torino.

Conforme noticiou o Diário do Transporte, o Ministério das Cidades alterou na última sexta-feira, 08, algumas regras do Refrota, dando mais liberdade a bancos privados interessados em operarem os financiamentos, para definir carência e prazos finais para pagamentos.

Por enquanto, os principais financiamentos no âmbito do Refrota (entre liberações e seleções de propostas ainda não c oncretizadas) são:

Suzantur (Mauá-SP): R$ 30,3 milhões – 100 ônibus – Caixa Econômica Federal (em fase final)

Sancetur – Santa Cecília Turismo Ltda (Valinhos/SP): R$ 14,9 milhões – 45 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Viação Garcia (Londrina-PR /Maringá-PR): R$  9,5 milhões – 30 ônibus – BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (crédito liberado em 11 de setembro de 2017)

Mobibrasil Expresso S.A. (Recife-PE, São Lourenço da Mata-PE, Camaragibe-PE): R$ 5,37 milhões – 20 ônibus  Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Transcol – Empresa de Transportes Coletivos Ltda (Teresina-PI): R$ 5,2 milhões – 15 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Viação Cidade Sorriso de Toledo (Toledo/PR): R$ 2,21 milhões – 10 ônibus – BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (seleção da proposta).

Transportes Coletivos Capivari Ltda (Tubarão-SC e Capivari de Baixo-SC): R$ 2,98 milhões – 07 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

SEI EMTRACOL – Empresa de Transportes Coletivos Ltda (Teresina-PI): R$ 2,29 milhões – 06 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Viação Santana Ltda(Teresina-PI): R$ 1,9 milhão – 05 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta)

Transportes São Cristóvão Ltda (Teresina-PI): R$ 1,52 milhão – 04 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Transportes Coletivos Cidade Verde Ltda (Teresina-PI): R$ 1,52 milhão – 04 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Transportes Therezina Ltda (Teresina-PI): R$ 1,14 milhão – 03 ônibus – Caixa Econômica Federal (seleção da proposta).

Os valores podem variar de acordo com a data da apresentação da carta-consulta e o tipo de ônibus.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário