sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Capacitações do SEST SENAT estimulam redução de custos e promovem a sustentabilidade do transporte

Foto: Divulgação
Ao treinar profissionais do transporte, o SEST SENAT estimula a redução de custos nas empresas. Os cursos que visam à condução econômica ensinam os motoristas a reduzirem o consumo de diesel e também os gastos com manutenção.

Conforme a Sondagem CNT de Eficiência Energética, estudo realizado em 2015 pela Confederação Nacional de Transporte, o treinamento de motoristas de caminhão pode gerar 12% ou mais de economia de diesel. Essa redução torna-se ainda mais significativa ao se considerar que o diesel é o principal insumo do setor. O gasto com combustível representa cerca de 30% a 40% do custo operacional do transporte rodoviário de cargas.

Além disso, a gratuidade dos treinamentos oferecidos pelo SEST SENAT traz benefícios para as empresas e para os transportadores autônomos.

Na Expresso Nepomuceno - que atua no transporte de passageiros, tem sede em Minas Gerais e mais de 3.700 funcionários, os empregados, sobretudo da unidade de Lavras, utilizam de forma constante os serviços do SEST SENAT. "O RH divulga semanalmente as agendas de cursos e de atividades esportivas e culturais. A adesão é grande, principalmente em relação aos cursos a distância", afirma o gerente nacional de vendas, Jefferson Caburon. Os treinamentos presenciais também são procurados.

"Os cursos melhoram o nível de serviço da operação e do atendimento ao cliente", ressalta. Outra vantagem, segundo Caburon, é a qualificação para além da função exercida na empresa. "A pessoa leva o aprendizado para a vida, para os trabalhos futuros e pode crescer na carreira. O SEST SENAT acaba tendo uma responsabilidade de democratização do conhecimento", pondera.

Os funcionários da Expresso Nepomuceno também utilizam os serviços de saúde oferecidos pela instituição, como nutrição, psicologia, odontologia, além das atividades de natação e de hidroginástica. "Isso representa um ganho indireto para a empresa porque reflete no desempenho dos profissionais. Pessoas mais dispostas e com o lado emocional estável adoecem menos. Ganhamos com isso", conclui Caburon.

FETRONOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário