sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Operação contra transporte clandestino aplica R$ 72 mil em multas e retira 170 passageiros de ônibus em Campinas

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou, neste domingo (17), uma operação contra transporte clandestino em Campinas (SP). De acordo com o órgão, foram aplicados R$ 72 mil em multas e pelo menos 170 passageiros tiveram de ser retirados dos coletivos.

Foto: ANTT/Divulgação

Os veículos não tinham autorização para fazer viagens e não apresentavam condições de segurança adequadas. Veja relatos de passageiros no vídeo, acima.

De acordo com a ANTT, as multas são aplicadas aos proprietários dos ônibus, que ficam 72 horas no pátio do órgão. Para retirar, os donos dos veículos têm que apresentar bilhetes nominais de cada passageiro para o destino ou origem da viagem interrompida. Foram feitas 14 autuações após fiscalização de sete coletivos na Rodoviária de Campinas e também na marginal da Rodovia Anhanguera (SP-330).

O destino ou origem dos ônibus fiscalizados era Teresina (PI), Mombaça (PI), Castelo do Piauí (PI), Bom Jesus da Lapa (BA) e Mato Verde (MG), sempre com paradas em São Paulo. As irregularidades encontradas, além da falta de autorização e segurança, foram problemas de documentação com motoristas, ausência de seguro e equipamentos sem aferição.

A operação, batizada de Golfo de Áden, foi feita em parceria com a Polícia Civil e a Guarda Municipal de Campinas. A ANTT também realizou a ação em São José do Rio Preto, Barretos, Igarapava, Pedregulho, Ribeirão Preto e São Paulo.

G1 SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário