segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Curitiba bloqueia 5 mil cartões-transporte de idosos

Foto: Luiz Costa/SMCS
A regra é clara: os idosos que usufruem do benefício da isenção da tarifa dos ônibus em Curitiba precisam renovar seu cadastro anualmente.

Pela não renovação do cadastramento, só em janeiro já foram bloqueados cerca de 5 mil cartões.

O direito à isenção é garantido por lei às pessoas com 65 anos ou mais, e a gratuidade é validada com o uso do cartão-transporte, fornecido pela Urbs Curitiba.

A data do recadastramento coincide com o mês de aniversário do idoso, que pode ser realizado em nove “Ruas da Cidadania’ da capital Curitiba.

Para garantir a validade do benefício para o ano seguinte, os idosos beneficiários da isenção precisam de dirigir pessoalmente a um dos postos de atendimento, e apresentar CPF, RG e o cartão antigo da Urbs.

MUDANÇAS NO HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Desde o início de janeiro de 2018 a Urbs alterou o horário de atendimento, que funciona agora das 12h30 às 18h30. Antes, era feito das 8h às 14h.

O recadastramento foi implantado pela Urbs para evitar fraudes no sistema.

Hoje o número de idosos que se beneficiam da tarifa gratuita ultrapassa a marca de 150 mil cartões-transporte.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário