quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Ônibus elétricos BYD em Santiago

O sistema de transporte coletivo da capital chilena Transantiago passará por um processo de licitação no ano de 2018. Com o compromisso de reduzir os altos índices de emissões poluentes de Santiago, a administração pública local irá exigir que os novos ônibus que passarão a fazer parte da frota venham equipados com motorização a diesel atendendo a norma Euro VI ou que tenham tração alternativa.

Foto: Divulgação

Duas unidades do ônibus elétrico fabricado pela marca BYD já estão rodando pelas ruas da cidade. São operados pela Metbus na rota 516, que inclui as vias mais importantes de oito distritos de Santiago. Em nota, a BYD ressalta que os custos operacionais serão reduzidos em 70% em comparação com os ônibus a diesel convencionais, atingindo um valor de 70 pesos chilenos por quilometro, contra 300 pesos chilenos para o ônibus a diesel. O carregamento total do veículo tem um custo de 19.500 pesos chilenos. “Um único ônibus elétrico impede o equivalente às emissões de 33 veículos a gasolina. Até agora, a BYD forneceu 27 mil ônibus 100% elétricos para mais de 200 cidades em todo o mundo, por isso estamos confiantes de que nossa experiência e maturidade neste setor garantirão um serviço de alta qualidade e com um elevado padrão de conforto para usuários e moradores”, disse Tamara Berríos, gerente da BYD no Chile.

Revista AutoBus

Nenhum comentário:

Postar um comentário