domingo, 21 de janeiro de 2018

Parnamirim Field e Trampolim da Vitória na disputa pelas linhas D e E

A disputa pela operação das linhas D (Parque Industrial/Natal) e E (Emaús/Natal) se intensificou na última semana. No domingo, a Parnamirim Field, empresa responsável pelas linhas, deixou de operar os trajetos, alegando dificuldades financeiras de se manter. A partir daí, criou-se a expectativa sobre qual empresa assumiria seus trajetos: Santa Maria e Cidade das Dunas conjuntamente, já que são parceiras administrativas da Field, ou a Trampolim da Vitória, empresa da qual a Field descendeu e que operava as linhas até o ano de 2009. A segunda opção prevaleceu, e a partir disso, o desencadeamento de uma semana marcada por ações relacionadas ao fato.

Trampolim e Field: disputa pelas linhas D e E

O Portal UNIBUS RN anunciou, em primeira mão, o fim das atividades da Parnamirim Field, no último domingo (13). A empresa pediu a suspensão das atividades pelo prazo de seis meses junto ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER/RN), alegando impossibilidade de se manter em operação, e que durante este período iria entrar em regime de recuperação judicial. No próprio domingo, os ônibus da empresa já não foram mais às ruas.

Parnamirim Field voltou às operações com frota reduzida na semana passada

Na segunda-feira, a vereadora do município de Parnamirim Kátia Pires anunciou, em seu Facebook, que a empresa Trampolim da Vitória irá assumir a operação das linhas D e E.

Vereadora Kátia Pires anunciou que empresa Trampolim iria assumir as linhas

A foto publicada no Facebook da vereadora foi tirada na sede do DER/RN, que definiu a operação das linhas pela Trampolim. Na imagem, a vereadora aparece ao lado do diretor da Trampolim da Vitória, Eudo Laranjeiras, anunciando que a preferência pela empresa se deu porque a Trampolim já havia operado as linhas anteriormente.

Porém, antes da chegada da Trampolim às linhas, a Field voltou às operações, de forma reduzida, na quarta-feira, 17. Ao menos quatro veículos saíram para as operações das linhas. Já na quinta-feira, 18, os ônibus da Trampolim também chegaram aos trajetos da D e E. Ambas as empresas passaram a operar conjuntamente as linhas, estendendo a operação unida pelos dias seguintes. A Field, por sua vez, continuou com a frota reduzida, e a Trampolim complementou o quadro de veículos nas linhas.

A chegada da Trampolim às linhas – ou ao menos a operação conjunta pelas empresas – parecia ser definitiva. Um anúncio no site da RN CARD, sistema de bilhetagem eletrônico utilizado pelas empresas, afirmava que desde o dia 18, as linhas ganhariam uma nova operadora – a Trampolim. Além disso, a nova operadora cadastrou as linhas no aplicativo CittaMobi, que informa aos usuários, pelo celular, o horário do próximo ônibus nas paradas de seus trajetos.

Novos fatos neste sábado, 20, porém, mudaram os rumos da disputa pelas linhas. Informações divulgadas em grupos de transportes no Facebook, apontam que a Parnamirim Field deverá voltar às ruas, nos próximos dias, em parceria com as empresas Santa Maria e Cidade das Dunas – como cogitado inicialmente.

Field e Santa Maria deverão unir operações

A informação surgiu após a empresa Trampolim da Vitória conceder entrevista a um portal de notícias local afirmando que a “Parnamirim Field hoje é uma empresa clandestina”, e que pretende formalizar, nos próximos dias junto ao DER/RN, um pedido para que o órgão estadual impeça a Parnamirim Field de reassumir as linhas.

O sócio-diretor da Trampolim, Almir Abuana, fez duras críticas à Parnamirim Field, afirmando inclusive que os carros que a empresa disponibilizou para rodar estão, segundo ele, em más condições. “Os carros estão com pneus carecas e sem vidro de porta. Não é uma questão empresarial, e sim de segurança para os passageiros”, disse em entrevista ao Portal Agora RN.

Trampolim: de olho nas linhas da Field

O empresário também afirmou que o DER/RN “deveria atuar era para parar a empresa, que disse que não tinha condições de operar e não está oferecendo condições de segurança”.

A atuação, porém, ocorreu contra a Trampolim da Vitória. Na manhã do sábado, ônibus da empresa que operavam as linhas D e E foram apreendidos pelo órgão. Pelo menos dois ônibus foram impedidos de circular, e levados para o pátio do DER/RN, no bairro de Lagoa Nova, em Natal. Para que a empresa retire os veículos da apreensão, é necessário pagar multa com valor médio de R$ 1.500,00, em média.

Publicação afirma que ônibus da Trampolim foram apreendidos

Novas ações e seus desdobramentos a respeito da operação das empresas nas linhas D e Ee fatos associados a empresas relacionadas poderão ocorrer nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário