terça-feira, 2 de janeiro de 2018

SC: Criciúma inaugura Centro de Controle Operacional do transporte coletivo

Foto: ACTU - Criciúma
Numa parceria entre o poder público e a iniciativa privada, a cidade de Criciúma, no estado de Santa Catarina, inaugurou nesta sexta-feira (29) um Centro de Controle Operacional para o transporte coletivo da cidade. Criciúma é a sétima cidade maior cidade do estado, com cerca de 210 mil habitantes.

Localizado na estação rodoviária da cidade catarinense, o CCO permite o acompanhamento em tempo real de todo o sistema de transporte coletivo local, o que inclui as linhas troncal – amarelinhos, expressos, mineirinhos e alimentadoras – que se interligam com os bairros do município.

Criciúma já possui o Sistema Integrado de Transporte Coletivo, inaugurado em setembro de 1996, que conta com três Terminais de Integração: Próspera, Centro e Pinheirinho. Nos três terminais, com a inauguração do CCO, foram instalados monitores que anunciam aos usuários as informações básicas do dia-a-dia do sistema de ônibus local, como os horários de saída e chegada dos coletivos.

Outra novidade integrada ao CCO é o aplicativo Moovit, que informa on-line todas as linhas de ônibus que servem a cidade de Criciúma. O Moovit pode ser baixado no celular através do wifi gratuito no terminal central, ou na sede da ACTU – Associação Criciumense de Transporte Urbano. Informações sobre essas novidades podem ser obtidas tanto na ACTU – localizada na Galeria Terminal Central, sala 9, como também nos terminais urbanos.

Uma das preocupações do CCO é a racionalização do sistema de ônibus, que vem perdendo passageiros.  Em 1996, quando foi lançado o Sistema Integrado de Transporte Coletivo, ele atendia 1,3 milhão de passageiros/mês, número que caiu a menos de 900 mil. Com o CCO, a expectativa é que as empresas possam otimizar as rotas e alcançar um melhor equilíbrio financeiro.

A ACTU, composta pelas empresas Auto Viação Critur, Expresso Forquilhinha e Zelindo Trento, está atualizando o sistema de bilhetagem eletrônica com vistas à introdução do sistema de biometria facial. Para isso, está fazendo o cadastramento biométrico dos usuários com benefícios ou isenções. Na cidade, segundo dados das empresas, aproximadamente 30% dos passageiros transportados possuem algum tipo de benefício, descontos ou isenções.

A implantação do sistema de Biometria Facial foi determinada pelo poder público através do decreto municipal 1097/17 de julho deste ano. Ele tem vários objetivos, dentre os quais a atualização e modernização dos instrumentos de gestão de informação e controle operacional.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário