domingo, 14 de janeiro de 2018

Viação Riograndense é cotada para assumir a linha Natal X Pipa

A Viação Riograndense deverá assumir a operação da linha Natal X Pipa, um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte, conhecido internacionalmente. O trajeto é operado atualmente pela empresa Expresso Oceano, dispondo de apenas quatro veículos, e já foi tema de matéria no Portal UNIBUS RN. Os ônibus da Oceano deverão ser repassados à empresa Riograndense, que poderá iniciar as operações em breve. Não há informações se haverá aumento de frota e horários para o trajeto.


A Praia da Pipa esta localizada em um pequeno vilarejo no município de Tibau do Sul a 85 km ao sul da capital Natal. Em 2010, oito ônibus operavam a linha, além de um veículo extra, que em alguns horários atendia o município de Goianinha. Em sete anos, a linha teve uma queda de 62,5% na quantidade de veículos que a operam. A qualidade da frota atual também chama atenção. Dos quatro ônibus da linha dois foram fabricados em 2006, um deles em 2004 e outro em 2001. Com isso, a idade média da atual frota da linha é de 12,75 anos.

A falta de condições do Governo do Estado para que a empresa opere a linha, deixando a estrada que liga a Pipa em más condições, sem realizar licitação e nem fiscalizar os clandestinos afetam a atual situação da linha. Além disso, a empresa não renova sua frota desde 2006, e dispõe atualmente de sete horários diários de segunda a sábado no trajeto Natal/Pipa/Natal. Aos domingos e feriados, apenas dois horários estão disponíveis.


O fim das operações da linha pela Expresso Oceano já era cogitado, e foi reforçado no final de 2017, quando a empresa Guanabara anunciou o fim da Oceano, e a concentração de suas operações apenas como Guanabara. A linha Natal/Pipa era a única do segmento rodoviário operada pela Oceano atualmente – que deixou de atuar em diversas outras linhas intermunicipais a partir de 2010. Com o repasse à Riograndense, a Guanabara concentra suas atuações na grande Natal, tendo em sua frota apenas veículos urbanos.


Desde que declarou falência do sistema urbano, em 2011, a Riograndense concentrou sua atuação na área intermunicipal, aumentando sua frota e linhas operadas. A empresa atua com linhas semi-urbanas e intermunicipais, ligando Natal à região agreste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário