domingo, 11 de fevereiro de 2018

Metrô do Rio tem dia de caos no sábado de carnaval

Dia de muita confusão e tumultos no Metrô do Rio de Janeiro neste sábado de carnaval. Como ocorreu em São Paulo no fim de semana passado, o acúmulo de pessoas por causa dos blocos chegou a causar o fechamento de algumas estações, como Cantagalo e Siqueira Campos, na Zona Sul do Rio, e se estendeu para a Zona Norte, com imensas filas em várias estações.

Foto no twiter @JosueSMJunior

Nas linhas 1 e 2 os trens circularam em baixa velocidade, aumentando o tempo das viagens que duram em média 15 minutos para quase 2 horas.

Com o fim do desfile do Bloco da Favorita, em Copacabana, por volta do meio dia, a multidão seguiu em direção às estações do metrô, provocando superlotação. Os tumultos provocaram o fechamento das duas entradas da estação Cantagalo por alguns minutos.

Em nota, a concessionária informou que usuários do Metrô Rio prendiam as portas dos vagões para forçar o embarque de outros passageiros.

Houve casos de usuários que tentaram invadir os trilhos para urinar, o que levou a empresa a desligar a energia temporariamente.

Leia a nota do Metrô Rio sobre os problemas deste sábado (10):

“Em função de problemas causados por retenção de portas e acessos indevidos de usuários à via, foi preciso cortar a energia de partes do sistema ao longo da manhã e tarde deste sábado. As ações emergenciais causaram paralisação de 40 minutos na circulação de trens. A Concessionária opera com equipes reforçadas e operação de limpeza ampliada para assegurar o conforto dos clientes”.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário