quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Rodoviários e empresários se reúnem nesta quarta para discutir reajuste salarial

Rodoviários de Natal e empresas do sistema público de transporte irão definir nesta quarta-feira, 28, o aumento salarial para os trabalhadores do sistema de ônibus urbanos. O valor do reajuste – que pode chegar a 2,5% – será levado para a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), que pode deflagrar estudos para o aumento da tarifa do transporte em Natal.


Segundo Nilson Queiroga, consultor técnico do Sindicato das Empresa de Transporte Urbano de Natal (Seturn), o resultado da reunião com os rodoviários será levado para o encontro mensal do Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (CMTMU). As empresas querem colocar na pauta do encontro o aumento das tarifas de ônibus. “As empresas não suportam mais a atual situação. Queremos que o Município avalie, o quanto antes, o reajuste das passagens”, argumenta.

O Seturn, no fim do ano passado, encaminhou à STTU pedido de aumento de 9,25% na tarifa de ônibus urbano em Natal. Com a solicitação, a passagem poderia subir dos atuais R$ 3,35 para R$ 3,66.

De acordo com Nilson Queiroga, o Seturn contabiliza, já no início de 2018, aumento de 8,4% nos custos com óleo diesel. “Somente com as variações do combusível, as empresas estão amargando uma perda mensal de R$ 20 mil”, justifica.

Ainda na reunião do conselho municipal, às 9h, na sede da STTU, as empresas de transporte vão propor medidas para reduzir os custos com óleo diesel, como iniciar as operações a partir das 6h (hoje, os ônibus saem das garagens às 5h) e não circular durante os domingos. “São medidas extremas, mas que já estão sendo analisadas. As empresas não suportam os custos atuais”, ressalta Nilson Queiroga.

Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Natal (Sintro), Júnior Rodoviário, o reajuste salarial deve entrar em vigor a partir de 01 de março. “As empresas estão condicionado o aumento dos salários ao reajuste das passagens de ônibus. Vamos pedir à STTU que faça a análise da questão”, aponta. Atualmente, os rodoviários de Natal recebem R$ 1,969.

A Secretaria Municipal de Transportes, Elequicina dos Santos, afirmou que a pauta sobre o aumento das passagens não será discutida na reunião do CMTMU. “Isso não está na pauta. Não há previsão para anúncio do aumento das tarifas”, diz.

Ainda de acordo com Elequicina dos Santos, os técnicos da STTU só irão estudar o valor da tarifa de ônibus quando receberem os dados do acordo salarial dos rodoviários para 2018. “Sem termos dados sobre os custos com a folha de pagamento, a secretaria não pode analisar o pedido de aumento proposto pelo Seturn”, finaliza.

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário