quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Uber estreia nova modalidade nos EUA: como no transporte coletivo, passageiro usará pontos fixos para embarque

A Uber estreou oficialmente nesta terça, dia 21 de fevereiro de 2018, em oito cidades dos EUA, uma nova modalidade de transporte. O veículo continua sendo o mesmo: um automóvel. A novidade é que, a depender dos usuários, o veículo poderá percorrer trajetos diários funcionando como um serviço tradicional de transporte coletivo.

Após testar a modalidade Uber Express Pool em Boston e San Francisco, nos Estados Unidos, a iniciativa será estendida a partir de hoje para Los Angeles, Washington (DC), Miami, Denver, Philadelphia e San Diego.

Parecida com a Uber Pool, a modalidade reúne passageiros diferentes com destino próximo em uma mesma corrida. A diferença é que os passageiros terão de seguir até um ponto específico para otimizar a rota do condutor.

Ao reduzir e facilitar o percurso do motorista, a Uber acredita que vai poupar tempo dos dois lados, o que acarretará a uma diminuição do custo da corrida.

Alguns acreditam que, com a nova modalidade, a Uber estreia oficialmente como “empresa de transporte coletivo”. Com a enorme diferença, claro, que um automóvel pode transportar até quatro passageiros. No entanto, o transporte público convencional, que hoje já admite perder passageiros para os aplicativos de transporte tradicional, ganhará mais concorrência caso a novidade desembarque nas cidades brasileiras.

Caso isso ocorra, veremos condutores de automóveis da Uber perfazendo um mesmo trajeto todos os dias, como se fossem “linhas” de transporte.

Na verdade o que a Uber Express Pool promete nada mais é que um sistema de carona já oferecido em várias cidades. De qualquer forma, será mais um concorrente de peso para o já combalido transporte público tradicional.

A Uber promete, pelo menos para as cidades americanas onde passa atuar com a nova modalidade a partir desta quarta-feira (21), que os preços poderão ser 50% menores do que os cobrados na Uber Pool, e até 75% menores do que na UberX.

Ao solicitar o veículo o usuário precisa indicar uma região de embarque, ao invés de um ponto específico como é hoje no sistema tradicional. O aplicativo seleciona o motorista com a rota do Uber Pool mais apropriada, e aponta os pontos de encontro próximos à localização do usuário. A partir daí, o solicitante terá de se dirigir a um dos pontos para o embarque.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário