quinta-feira, 1 de março de 2018

Novo viaduto da Redinha deve ser entregue em abril, aponta DER

Foto: José Aldenir / Agora Imagens
O Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER) planeja entregar até 15 de abril o viaduto que interliga a Avenida Moema Tinoco, na zona Norte de Natal, com a Ponte Newton Navarro. O novo equipamento viário facilitará o acesso às praias do litoral norte do estado.

A construção faz parte do projeto do Pró-Transporte, que promete facilitar o escoamento do tráfego nos bairros da região Norte de Natal.  “A obra vai reduzir o tempo que as pessoas levam, nos horários de pico, para cruzar a Ponte Newton Navarro e alcançar os bairros da zona Norte”, ressalta Jorge Fraxe, diretor do DER.

Hoje, o Pró-transporte tem orçamento de R$ 88,2 milhões. O projeto inclui três etapas – reestruturação das Avenidas das Fronteiras, Tocantínea e Moema Tinoco. “Após a entrega do viaduto, nós esperamos entregar as demais etapas em até 120 dias”, aponta.

Segundo Jorge Fraxe, o maior entrave para o andamento da obra foi a questão das desapropriações. Ao todo, o DER necessitava desapropriar 393 imóveis. Hoje, há apenas um imóvel ainda pendente. “Sem ter este entrave, a obra sai bem rápido. Construir é fácil, o difícil mesmo é lutar contra a burocracia”, reclama.

As obras do Pró-Transporte foram iniciadas em 2007, por meio da Prefeitura de Natal, sendo interrompidas em 2011. Logo em seguida, o empreendimento foi repassado ao Governo do Estado.

A Construtora A. Gaspar firmou contrato com o DER em 24 de janeiro para finalizar as obras. Valor do empreendimento foi de R$ 67 milhões. A ideia é duplicar a pista da Moema Tinoco, bem como reestruturar as avenidas das Fronteiras, Rio Doce e Tocantínea.

Reestruturação de rodovias no interior

O DER vai iniciar ainda no começo do mês de março os serviços de reestruturação das rodovias RN-003 e RN-063. As duas vias são importantes acessos para o litoral sul do Rio Grande do Norte. Serão gastos R$ 23 milhões. Os recursos são provenientes da arrecadação com a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide-combustíveis).

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário