segunda-feira, 19 de março de 2018

Novo viaduto entre Natal e Parnamirim deve ser liberado para o trânsito em 60 dias, diz Dnit

O novo viaduto que está sendo construído sobre a BR-101, em frente ao bairro de Nova Parnamirim, na Grande Natal, deve ficar pronto e liberado para o trânsito em 60 dias. A previsão é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), responsável pela obra. Este é o quarto viaduto a ser erguido entre Natal e Parnamirim.

Foto: Dnit/Divulgação

Ao G1, o Dnit informou que o viaduto – que fica na entrada da Av. Abel Cabral – está com 74% dos serviços realizados e em fase adiantada. A poucos metros, na entrada da Av. Maria Lacerda Montenegro, também está sendo construída uma trincheira, com passagem inferior. Esta, ainda de acordo com o órgão, está dentro do cronograma (54% de avanço) e deve ser entregue em julho.

Concluídos o viaduto e a trincheira, o Dnit disse que as próximas obras a serem executadas na BR-101 serão o prolongamento do túnel de acesso à Avenida das Alagoas, no bairro de Neópolis, na Zona Sul de Natal, e a construção de mais um viaduto, desta vez na frente do Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. Ambas têm previsão de início para o mês de julho, com conclusão estimada para dezembro.

Conjunto de obras

Em 2017, o Dnit construiu três viadutos e uma trincheira na BR-101, entre Natal e Parnamirim:
  • Viaduto em frente ao bairro de Neópolis, em Natal, entregue em janeiro
  • Viaduto em frente ao bairro de Emaús, em Parnamirim, liberado em março
  • Viaduto no cruzamento da BR-101 com a Av. Clementino Câmara, em Parnamirim, entregue em dezembro
  • Trincheira de passagem Inferior de Pium, em Parnamirim, entregue em dezembro
  • No conjunto das obras, também estão previstas a construção de cinco novas passarelas sobre a rodovia.
Ao todo, segundo o Dnit, o conjunto das obras tem um investimento orçado em aproximadamente R$ 196 milhões, incluindo contratos de execução, de supervisão e pagamento de desapropriações.

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário