segunda-feira, 12 de março de 2018

Prefeitura do Rio dá 1 mês para empresas de ônibus regularizem circulação de coletivos

A Prefeitura do Rio fez uma análise dos dados sobre a circulação de ônibus municipais obtidos via sistema de monitoramento e identificou que faltam veículos na cidade. Por isso, o prefeito Marcelo Crivella, em entrevista ao jornalista Edimilson Ávila, disse nesta sexta-feira (9) ter determinado que as empresas de coletivos têm 1 mês para regularizar o serviço sob pena de perderem os contratos com o município e serem feitas novas licitações.

Foto: Reprodução/TV Globo

O aviso do prefeito vem na esteira de outra medida polêmica do município. No início da semana, foi comunicado que o município propôs cobrar valores diferentes das passagens de ônibus com e sem ar-condicionado. A proposta foi feita por Crivella na tentativa de resolver o impasse sobre o valor da tarifa com as empresas de transporte.

O prefeito aceitaria um reajuste para os ônibus com ar-condicionado regulado pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os veículos sem ar-condicionado permaneceriam sem aumento. Atualmente, a tarifa custa R$ 3,60.

G1 Rio

Nenhum comentário:

Postar um comentário