quinta-feira, 29 de março de 2018

Prefeitura lança aplicativo que permite acesso do cidadão às câmeras da STTU

Foto: Alex Régis
Orientar o cidadão natalense e aqueles que visitam a nossa cidade em relação às condições de trânsito nas principais avenidas e ruas da capital potiguar. Esse é o objetivo do Monitore Natal, lançado nesta terça-feira pela Prefeitura. O sistema criado e operado pela Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) pode ser acessado através do link: http://sttu.gtrans.com.br/ ou através do aplicativo para Android no Google Play e Apple Store para IOS. No site da Prefeitura também é possível o acesso.


Ao acessar o site ou o APP, o usuário visualiza um mapa com todas as câmeras e, ao clicar sobre o local desejado, passa a assistir as imagens ao vivo e em tempo real, com acesso, inclusive, a um mosaico utilizando quatro pontos diferentes ao mesmo tempo. Essa ferramenta possibilita, por exemplo, a visualização de todo um corredor de tráfego.

“A mobilidade é uma questão muito importância. Hoje ela representa vida. Você passa muito tempo no trânsito, tempo esse que você poderia estar com sua família, filhos, ou chegando mais cedo ao trabalho. Essa ferramenta serve justamente para ajudar o cidadão com isso, é uma melhora na qualidade de vida das pessoas”, explicou o prefeito Carlos Eduardo.

O prefeito ainda acrescentou a importância do sistema para a questão da segurança pública. Nossas câmeras já estão sendo usadas pelo CIOSPE e isso é importantíssimo a medida que vivemos essa grave crise na segurança pública”, comentou.

De acordo com a secretária da STTU, Elequicina Santos, 38 câmeras estão acessíveis através do aplicativo/site. “Lançamos  a Web Rádio 156Natal e agora entregamos mais essa ferramenta para o cidadão se preparar para o trânsito antes de sair de casa”, explica.

A STTU acrescenta, com o Monitore Natal, mais uma ferramenta tecnológica que pode ser utilizada pelo cidadão para facilitar sua mobilidade na cidade. Além da rádio Web156, o órgão já disponibiliza o PotiBus (com os horários dos ônibus).

Nenhum comentário:

Postar um comentário