domingo, 15 de abril de 2018

Exposição “Ônibus em memória” conta a história da viação mais antiga do país

A Viação Catarinense, empresa rodoviária mais antiga do país, completa 90 anos de operação em 2018. E para comemorar a data especial realiza a exposição "Ônibus de Memória" no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba. A mostra acontece até domingo (15), com entrada gratuita.

Foto: Divulgação

O evento faz uma retrospectiva de quase um século de história da Catarinense,  reunindo equipamentos, vídeos e fotografias antigas e recentes, que contam o processo evolutivo da empresa e iniciativas pioneiras em tecnologia, design e conforto, sempre pensando nos passageiros.

A exposição, por exemplo, exibe a jardineira usada na primeira linha da companhia, em 1928, que ligava Blumenau a Florianópolis. O trajeto à época era feito em 12 horas. Atualmente, é concluído em pouco mais de 2 horas.

Na outra ponta da história está o moderno modelo Double Decker (DD), com classe semileito e leito cama no mesmo carro. O ônibus oferece aos viajantes um frigobar equipado, calefação, ar-condicionado, internet e tomadas USB em todas as poltronas.


A Viação Catarinense integra o Grupo JCA e é líder no setor rodoviário no país, operando com 447 destinos em seis estados e uma linha Internacional. A frota atual é composta de 265 ônibus, desde os convencionais ao leito-cama.

A Catarinense é uma das empresas do ramo pioneira em contar com sala vip nas principais rodoviárias e oferecer poltronas reclináveis até 180 graus.

Promoção em viagens

Para comemorar os 90 anos, a empresa realizará uma ação promocional entre de amanhã (13) até domingo (15). Serão 90 trechos com descontos entre 20% e 50%. Entre eles, alguns dos mais procurados na empresa: Blumenau a São Paulo, São Paulo a Florianópolis e Curitiba a Florianópolis.

Os trechos em promoção estão no site: www.catarinense.com.br.

SERVIÇO
Exposição Ônibus em memória
Onde: Museu Oscar Niemeyer, Rua Marechal Hermes, 999, no Centro Cívico.

Quando: até domingo (15), das 10h às 18h.

Entrada: gratuita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário