domingo, 20 de maio de 2018

A presença dos ônibus rodoviários double-decker no RN

Com a recente chegada do mais novo veículo da empresa potiguar Terra Dourada, que atua na área de turismo e fretamento, com configuração doubler-deck (DD, dois andares, em tradução livre), não foi só a imponência e grandiosidade da aquisição que ganharam destaque, mas também a divulgação por parte da própria encarroçadora de que aquele era o primeiro veículo desta configuração para o segmento de turismo do Rio Grande do Norte.


Na realidade, o RN já teve, em outras ocasiões, veículos DDs destinados ao segmento de turismo. A empresa pioneira no investimento de veículos desta configuração foi a Viação Nordeste quando, no final dos anos 1990, adquiriu duas unidades do Paradiso GV com chassi Scania K-113 de quatro eixos semi-novos que haviam pertencido a empresa 1001, com sede da região sul do Brasil. Segundo informações não oficiais, os ônibus foram colocados a venda pela 1001 devido dificuldades em suas operações com veículos deste porte.

 


Os veículos permaneceram na empresa por anos. Além deles, outras unidades de ônibus de dois andares passaram a fazer parte da frota da Nordeste.

 


Apesar da operação direcionada as linhas interestaduais, a compra se deu quando a empresa ainda tinha forte atuação no segmento do turismo, através da Nordestur, segmento da Nordeste destinada as operações do aluguel de veículos.

Em seguida a Nordeste, foi a vez da Viação Riograndense adquirir seu ônibus de dois andares. Para comemorar os 50 anos da empresa em 2001, a Riograndense comprou um ônibus do modelo Panorâmico DD com chassi Scania K-124. Semelhante a Nordeste, o DD da Riograndense tinha operação destinada ao turismo, através da Riograntur. O veículo foi vendido ainda nos anos seguintes à compra da Riograndense.


 

Entre empresas de menor porte, a Natal Coope também teve um modelo DD em sua frota. O ônibus, posteriormente, foi adaptado, com grande reforma na parte superior, retirando as janelas e tendo os assentos modificados. Atualmente, faz parte da frota da empresa Natalbus Turismo.

 

Além disso, entre as empresas rodoviárias interestaduais que operam linhas no Rio Grande do Norte, há presença do DD nas operadoras Catedral, Progresso e Expresso Guanabara.

 


Empresas potiguares também têm investido em veículos Low-Driver (LD). Os ônibus também fazem parte do contexto de ônibus panorâmico, com salão de passageiros elevado e com o posto do motorista rebaixado. Há presença de veículos LD nas empresas Nordeste, na operação de linhas interestaduais e intermunicipais, e Millennium Tour, Juca Tour e Natal Locadora, que atuam no turismo e fretamento.


 


Agora, a aquisição do Paradiso DD da Terra Dourada aumenta ainda mais a qualidade das operações das empresas potiguares no segmento de turismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário