sexta-feira, 11 de maio de 2018

Governo tenta reverter reajuste de tarifa de trens

Após a repercussão negativa do anúncio de reajuste de 100% no valor de tarifas da Companhia Brasileira de Trens Urbanos a partir desta sexta-feira (11), o governo está tentando evitar o desgaste político com o aumento das passagens ferroviárias em Belo Horizonte, Recife, Maceió, João Pessoa e Natal.

Divulgação-CBTU


O presidente da comissão de Transportes da Câmara, Domingos Sávio (PSDB), que negocia uma saída com o Planalto, diz que a ideia é aumentar em R$ 28 milhões o orçamento de custeio da empresa para cobrir custos operacionais e evitar o reajuste.

Domingos Sávio também negocia com a área econômica o remanejamento de R$ 93 milhões do orçamento da União para a CBTU. Em troca, diz ele, a empresa poderia recompor as tarifas em cinco anos e não de uma só vez. Os preços estão congelados há até 15 anos.

O presidente da CBTU, José Marques, admite reverter o reajuste se o governo encontrar alternativa para a capitalização da empresa.

Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário