sexta-feira, 6 de julho de 2018

Marcopolo utilizará campo de provas da Randon

Foto: João Lazzarotto
A encarroçadora de ônibus Marcopolo e a Randon assinaram na terça-feira, 3, um acordo para a utilização do campo de provas da Randon, localizado em Farroupilha (RS), para a validação e desenvolvimento de veículos e novas tecnologias. A partir de agora, todos os ônibus serão avaliados em testes funcionais, estruturais e de durabilidade em um trabalho conjunto entre as engenharias das duas empresas.

Com uma área de 87 hectares, o local conta com dezoito pistas a céu aberto totalizando 15 quilômetros, dos quais 4km de pista reta e totalmente plana, onde são reproduzidos diferentes tipos de pavimentos e irregularidades específicas para realização de testes de durabilidade acelerada.

Na assinatura, estiveram presentes o presidente do conselho de administração da Randon, Alexandre Randon, com as assinaturas do CEO da Marcopolo, Francisco Gomes Neto, o diretor de engenharia da Marcopolo, Luciano Ricardo Resner, o CEO da Fras-le e COO da divisão de autopeças das Empresas Randon, Sérgio de Carvalho, e o diretor de tecnologia e inovação da Randon Autopeças, César Augusto Ferreira.

“A parceria é primordial para o avanço tecnológico, garantia de qualidade e velocidade no desenvolvimento de plataformas globais que credenciam as duas companhias”, afirma Sérgio de Carvalho, COO da divisão de autopeças da Randon. “Devido aos recursos avançados de engenharia, dedicados a simulações, correlações e validações estruturais, o campo de provas reproduz condições adversas de pavimentos e estradas em ambientes controlados, promovendo a durabilidade acelerada de conjuntos e subsistemas veiculares com alto grau de confiabilidade”, completa.

“Expertise, tecnologia e mão de obra de elevado padrão são importantes diferenciais que precisam e podem ser cada vez mais e melhor explorados”, defende o CEO da Marcopolo, Francisco Gomes Neto. “Recentemente, fomos a primeira empresa da América Latina a conquistar certificação internacional para validar carrocerias de ônibus pela norma ECE R66, o que nos colocou no patamar mais elevado do mundo em termos de concepção e projeto dos veículos em atendimento às mais rigorosas normas de segurança existentes.”

Portal Automotive Business

Nenhum comentário:

Postar um comentário