sábado, 18 de agosto de 2018

Marcopolo registra crescimento em 2018

Ilustração
Apesar de um momento ainda complicado na economia brasileira, a encarroçadora gaúcha Marcopolo apresentou números positivos em seus negócios relacionados ao primeiro semestre deste ano. Sua receita líquida consolidada saltou de R$ 1,296 bilhão no mesmo período do ano passado para R$ 1,856 bilhão neste ano, um crescimento de 43,3%. Para a fabricante, o resultado reflete a melhora contínua na demanda de ônibus, tanto no mercado brasileiro como na exportação, que aumentaram 55,5% e 67,5%, respectivamente. Seu lucro líquido foi de R$ 54,3 milhões contra R$ 29,2 milhões no primeiro semestre de 2017 (crescimento de 86%).

Em números de produção, seu volume aumentou em todos os segmentos. Nos urbanos, ela alcançou uma expansão de quase 120%, fabricando 1.689 unidades contra 769 carroçarias, e participação de mercado de 56,6% contra 26,7%, no mesmo período de 2017. Já nos rodoviários, a ampliação foi de quase 100% (1.063 unidades contra 541).

Em relação ao segundo semestre, a Marcopolo mantém sua expectativa na  manutenção da demanda por ônibus para o próximo trimestre, com carteira de pedidos consistente para os próximos meses. “Esperamos que a retomada de volumes se sustente nos próximos meses, sobretudo no mercado externo que, com a desvalorização do real, pode impactar positivamente a receita líquida e os resultados operacionais”, disse Francisco Gomes Neto, diretor geral da empresa.

Revista AutoBus

Nenhum comentário:

Postar um comentário