sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Região nordeste tem carência de R$ 257,8 bilhões em infraestrutura de transporte

Ilustração/UNIBUS RN
Construir mais de 4.000 km de ferrovias e duplicar mais de 7.000 km de rodovias. Essas são algumas das intervenções necessárias para garantir que a região Nordeste disponha de um sistema de transporte e logística moderno e eficiente. Segundo o Plano CNT de Transporte e Logística, divulgado na segunda-feira (27) pela Confederação Nacional do Transporte, o Nordeste precisa de R$ 257,8 bilhões de investimentos distribuídos em 675 projetos de transporte de integração nacional e urbanos.


Dentre os projetos previstos pela CNT para o Nordeste, estão intervenções na BR-101 (AL, BA e SE), na Ferrovia de Integração Oeste-Leste (BA), no Aeroporto de Maceió (AL), no Porto de Itaqui (MA), no Porto de Suape (PE), no Sistema Hidroviário do Parnaíba (PI e MA), além da construção de terminal intermodal de cargas em Teresina (PI) e de corredores transversais em Salvador (B​A).

Ao todo, o Plano CNT de Transporte e Logística aponta que o Brasil precisa investir R$ 1,7 trilhão em 2.663 projetos de infraestrutura necessários para solucionar os problemas atuais e modernizar o setor de transporte brasileiro.

FETRONOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário