quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Sistema complementar de transporte de Fortaleza passa a rodar com novo modelo de veículo

Foto: Divulgação (Diário do Nordeste)
Desde a última segunda-feira, dia 27 de agosto de 2018, o Sistema Complementar de Fortaleza está com cara nova.

Começou a circular na linha 12 [Palmeiras-HGF] um micro-ônibus maior, equipado com sistema de wi-fi e ar-condicionado. Trata-se de um veículo Caio Apache Vip IV – Volkswagen 15.190 OD, que já ganhou o carinhoso apelido de “micrão” por ser maior e mais confortável que os atuais micro-ônibus que operam no sistema.

O diretor financeiro da Cooperativa dos Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps), Carlos Robério, anunciou que até o fim de 2018, mais nove veículos do tipo devem ser colocados em operação na linha 12, atingindo o total de dez carros.

A linha 12 carrega 30 mil usuários por dia, a maior frota quando comparada às outras.

Em entrevista à imprensa, Carlos Robério afirmou que a intenção de melhorar a frota para atender a população de resolve com os “micrões”, “que são maiores, vêm com ar-condicionado, wi-fi e a porta no meio, que dá mais segurança para o passageiro. Além disso, tem acesso para cadeirantes”.

A linha 03 (Paupina – Pici) será a próxima a ser contemplada com os “micrões”, com previsão para 2019. São 20 mil passageiros por dia.

A Cootraps diz que o objetivo é atender a todas as linhas até o fim do próximo ano, como parte da estratégia de renovação da frota do sistema complementar.

As frotas com demanda menor, no entanto, continuarão com os micro-ônibus atuais, mas todos serão trocados por veículos zero quilômetro.

Carlos Robério afirmou ainda que a aquisição dos “micrões” marca a nova fase para o transporte alternativo da Capital, "no qual os cooperados estão voltando a acreditar no sistema".

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário