quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Volkswagen quer atuar no transporte compartilhado

Ilustração/UNIBUS RN
Durante o Workshop Planejamento Automotivo 2019, o presidente e CEO da Volkswagen América Latina, Pablo Di Si, admitiu a possibilidade de trazer para o Brasil a Moia, uma empresa do Grupo Volkswagen que atua com um programa de transporte compartilhado sobre vans, veículos de passageiros.

Desde o fim de julho deste ano a Moia opera para valer na cidade alemã de Hannover, onde circulam 150 vans acionadas por aplicativo em uma área de 90 quilômetros quadrados. Antes da implantação oficial, as vans cumpriram dez meses de testes pela cidade alemã com 35 unidades, que atraíram 3,5 mil usuários. 

Agora adotado na prática, o programa tem tarifas que flutuam de acordo com a procura, dia e horário, mas custam mais que o transporte de massa e menos que o táxi. Até 2020 serão 250 vans. Aqui no Brasil, segundo a Volkswagen, as vans teriam papel semelhante, como se fossem “lotações premium”. 

A Moia surgiu em dezembro de 2016 para desenvolver serviços de mobilidade de forma independente ou em parceria com cidades e transportes já existentes. Segundo o Grupo Volkswagen, a intenção é torná-la uma grande prestadora de serviços de mobilidade em todo o mundo até 2025. 

COMO FUNCIONA

De acordo com o Grupo VW, os passageiros acionam o serviço pelo aplicativo inserindo sua localização e destino. A partir dessas informações, o sistema então pegará os passageiros que seguem em direção similar.

Um algoritmo combina essas solicitações de trajeto, planeja a rota e calcula a duração da viagem e os horários de chegada de cada passageiro.

Portal Automotive Business

Nenhum comentário:

Postar um comentário