domingo, 23 de setembro de 2018

Busup: Fretamento compartilhado

A Busup garante transporte mais prático e econômico para ida e volta do trabalho, festivais e outros eventos. Trata-se de uma plataforma espanhola que facilita a contratação de serviços fretados por empresas para poderem utilizar os veículos conjuntamente para seus funcionários e proporciona rotas coletivas para eventos de grande porte.

Divulgação

O ganho de qualidade de vida e a satisfação profissional, pois os passageiros conseguem otimizar o tempo para realizar outras  atividades, como estudar, ler, tirar o atraso daquela série da Netflix ou, até mesmo, cochilar, são benefícios proporcionados pela ferramenta, como  ressalta a marca. “Esse ‘descanso’ faz com que o passageiro tenha mais disposição ao chegar no trabalho e sua produtividade aumenta em até 21%. Além disso, a economia gerada por quem troca o carro por um fretado durante a semana pode chegar a R$ 8 mil por ano”, disse Marco Aurélio de Almeida, country manager da empresa.  

O executivo ainda lembrou que os principais objetivos do negócio são oferecer uma opção mais confortável a quem necessita de transporte fretado para ir e voltar do trabalho e reduzir o número de carros nas ruas, pois cada ônibus retira, em média, 23 carros das ruas. “A contratação do serviço também oferece acesso gratuito a uma  página exclusiva para que a empresa possa   gerir a utilização dos seus colaboradores com precisão e segurança”, comentou.

Outro detalhe é que, para quem precisa de uma carona para grandes eventos, como festivais de música ou convenções, também pode contar com o Busup. A empresa oferecerá rotas prontas com destinos e horários preestabelecidos, facilitando a vida dos passageiros que não podem perder a oportunidade de comparecer em tais acontecimentos e terão a garantia de voltar para a casa com conforto.

A Busup informa que dentre os veículos disponibilizados por sua plataforma estão veículos de diversas configurações, como vans (15 passageiros), micro-ônibus (26 passageiros) e ônibus (46 passageiros). O pagamento pode ser realizado por meio de cartão de crédito ou boleto.

Revista AutoBus

Nenhum comentário:

Postar um comentário