quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Primeiro ônibus que filtra o ar externo é lançado no Reino Unido

Um ônibus que pode filtrar o ar enquanto trafega foi lançado em Southampton, cidade portuária da costa sul da Inglaterra. O lançamento foi anunciado pela operadora de transportes Go-Ahead no dia 27 de setembro de 2018.



“O Go-Ahead Group (LON: GOG), uma das maiores operadoras de ônibus e trens do país, lançou hoje o primeiro ônibus de filtragem de ar do Reino Unido que torna o ar mais limpo enquanto viaja – permitindo que a comunidade local respire mais facilmente”, informa a empresa em seu site.

O ônibus a diesel, que leva o nome de Bluestar, vem equipado com um filtro especialmente projetado que remove as partículas ultrafinas do ar e as intercepta à medida que o ônibus se move pelas ruas. O filtro, então, permite que o ônibus libere um ar mais puro para o ambiente por onde circula.

A operadora Go-Ahead escolheu Southampton como pioneira do protótipo, já que no início deste ano a Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou que a cidade está no limite de segurança dos índices de poluição do ar. Por determinação do governo do Reino Unido, a cidade é uma das cinco que deverão elaborar planos de combate à poluição ambiental.

David Brown, executivo-chefe da Go-Ahead, afirmou que o desejo do grupo é que o protótipo mostre que os ônibus devem ser encarados não apenas como a solução para o congestionamento nas cidades, “mas também como uma solução para o problema da qualidade do ar“.

“Como o ônibus remove as partículas ultrafinas do ar enquanto percorre a rota, ele está ajudando a resolver os problemas de qualidade do ar da cidade. Este ônibus limpará o ar em sua rota 1,7 vezes por ano a uma altura de 10 metros, imagine a mudança que poderíamos fazer na qualidade do ar se todos os ônibus tivessem essa tecnologia”, acrescenta David Brown.

O filtro, que é montado no teto do ônibus, foi projetado para alcançar uma eficiência de remoção de partículas de 99,5%, sem qualquer impacto para ou passageiro em sua viagem.

Os problemas de saúde associados à poluição do ar exterior estão ligados a 4,2 milhões de mortes prematuras em todo o mundo, de acordo com a OMS. No Reino Unido, o Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais (Defra) estima que a poluição do ar por partículas reduza a expectativa de vida dos habitantes, em média, em seis meses.

No final de agosto deste ano, líderes municipais de toda a Inglaterra e País de Gales se uniram para exigir que a primeira-ministra Theresa May tome medidas imediatas para combater a poluição do ar, que, segundo cientistas, causa pelo menos 40.000 mortes prematuras por ano no Reino Unido.

Um total de 17 prefeitos, representando 20 milhões de pessoas em todo o país, assinaram uma carta que pede um plano de ação integral para limpar o ar da nação para ser implementado com urgência. Entre eles estavam o prefeito de Londres, Sadiq Khan, os prefeitos Andy Burnham (da Grande Manchester), Steve Rotheram (região da cidade de Liverpool) e Dan Jarvis (Sheffield), além de líderes de autoridades de todo o país, como Cardiff, Leeds, Newcastle e Southampton.

Steve Simpson, diretor sênior de marketing da Pall Aerospace que projetou o filtro, informa que a empresa utilizou seu conhecimento de filtragem aeroespacial para projetar e construir um produto “que ajudará a limpar o ar das cidades em que vivemos, removendo as partículas que são um componente importante da poluição do ar.”

Segundo o executivo-chefe David Brown, se o teste for bem-sucedido, a ideia é implementar o sistema de filtragem do ar em toda a frota de mais de 5.000 ônibus da Go Ahead no Reino Unido.

Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário