Header Ads

Japão aposta em ônibus a hidrogênio

O carro movido a hidrogênio ou células de combustível já existe comercialmente no Japão. Trata-se do Toyota Mirai, que sai ao preço de US$ 70 mil e faz o equivalente a 29 km/l.

Enquanto vários fabricantes têm desistido da tecnologia, a Toyota anunciou, no Japão, o lançamento do ônibus a hidrogênio.

Divulgação

O veículo terá uma vantagem: em situação de emergência, ele poderá operar como gerador de alta potência de alimentação externa.

Trata-se do Toyota Sora, que tem duas pilhas de células de combustível, dois motores elétricos, uma bateria de hidreto de níquel-metal, como os encontrados em híbridos convencionais como o Prius e 10 tanques de hidrogênio de alta pressão. Em cima do seu motor inovador, o Sora está equipado com várias câmeras para monitorar seus arredores e avisar o condutor de quaisquer perigos potenciais.

A Toyota já possui dois ônibus Sora de 77 lugares que operam atualmente em Tóquio.

Alguns fabricantes abandonaram o hidrogênio em favor das baterias, mas o Japão ainda está apostando muito nas células de combustível.

O tempo indicará qual fonte de combustível alternativa é o futuro do transporte.

Diário do Transporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.