Header Ads

Nova tarifa de ônibus de Natal vai depender de reajuste a rodoviários

A definição da nova tarifa de ônibus de Natal depende do reajuste salarial dos funcionários do setor de transporte urbano. O Conselho Municipal do Transporte se reuniu na manhã desta quinta-feira para analisar o pedido feito pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano (Seturn) de revisão para R$ 3,75, mas a pauta não foi votada porque a atualização dos salários dos trabalhadores só será feita na próxima quinta-feira, dia 15.


De acordo com Nilson Queiroga, analista da Seturn, o aumento do óleo Diesel, a queda no número de passageiros de Natal e o salário dos funcionários norteia a nova tarifa. Com constantes aumentos de preço no diesel (combustível utilizado pelos ônibus), ainda segundo Nilson, e congelamento da tarifa com os valores de abril passado, as empresas estão tendo um prejuízo de R$ 19 mil reais por dia. "São 80 mil litros de óleo diesel utilizado por dia entre a frota de ônibus. Em um mês, as empresas perdem R$ 80 mil somente com isso. O preço atual está desatualizado e não dá conta dos preços atuais", disse.

O último reajuste na tarifa dos ônibus de Natal foi aplicado em abril de 2017. O valor passou de R$ 2,90 para R$ 3,35. Na época, o Seturn chegou a propor R$ 3,50, mas o Conselho Municipal de Transporte rejeitou o valor. A contrapartida da Prefeitura de Natal para o aumento foi a dotação e implantação de 100 novos abrigos para paradas de ônibus, a disponibilização online dos dados da bilhetagem e dos dados dos GPS de todos os veículos que circulam na cidade.

Este ano, os fatores levantados pelo Seturn no ofício enviado à STTU indicam aumento da tarifa, não somente a manutenção do atual valor. De acordo com Nilson Queiroga, Natal teve uma queda de 18,5% em três anos no número de usuários do transporte público. A média da capital caiu de mais de 410 mil passageiros em dias úteis para 350 mil. “Isso está sendo observado em todo o Brasil, não só em Natal. Estudos indicam que tem relação com a crise econômica que o Brasil vive nos últimos anos”, justificou.

Aplicativo e webrádio

Durante a reunião do Conselho, ainda fora discutido a unificação de aplicativos para visualizar o trajeto do ônibus em tempo real. Atualmente, as empresas que atuam em Natal utilizam dois aplicativos. Outro projeto é a de criação de uma webrádio para informar as condições do trânsito de Natal. Ambos projetos serão estudados pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

Tribuna do Norte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.