Header Ads

Ônibus a gás de esgotos foi testado em Franca (SP)

Há pouco mais de dois anos, em agosto de 2016, a Scania apresentou à imprensa um ônibus "flex", capaz de funcionar com gás natural (GNV) e também com biometano, gás que pode ser produzido a partir do esgoto, do lixo, ou em usinas de álcool. No lançamento (leia mais), a fabricante sueca informou que o veículo chegara a percorrer cerca de 700 km de estradas com sua carga total de gás (300 m3).

créditos: Divulgação Sabesp

Nesta segunda-feira (12), um desses ônibus foi  abastecido com gás de esgoto em uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) na cidade de Franca (SP). O veículo abastecido foi o modelo Scania K280 6x2, de 15 metros, piso baixo, com capacidade para até 130 pessoas e motor dedicado a gás. Depois de abastecido, o ônibus circulou pelas ruas de Franca. Resultado de uma parceria entre a Scania e a Sabesp (companhia de saneamento paulista), a demonstração integra as Semanas de Inovação Suécia-Brasil, iniciativa promovida pela Embaixada da Suécia e a Business Sweden. 

A Suécia foi pioneira no uso do biometano para abastecer a frota dos ônibus urbanos do país. “Há décadas a Suécia direciona a maior parte do biogás que ela produz para o transporte público, considerado um dos mais limpos do mundo. O biogás produzido deriva em sua maioria do tratamento de esgotos das cidades suecas. Identificamos no Brasil uma capacidade enorme de produção do biogás que ainda não foi explorada.  Com base nessa premissa, a Suécia decidiu incluir o tema na programação de seu maior evento no Brasil, as Semanas de Inovação Suécia-Brasil”, afirma Elsa Stefenson, Gerente de Projetos Sênior. 

Desde abril passado a Sabesp vem produzindo o biometano como combustível para os veículos da frota da empresa que atuam em Franca. O biometano é a purificação do biogás, gerado a partir de dejetos, e leva esse nome devido à alta concentração de metano. No entanto, pelo fato de a matéria-prima ser de origem orgânica e não fóssil, tem mínima emissão de gases poluentes. A ETE de Franca trata em média 500 litros por segundo e produz em torno de 2.500 Nm³ de biogás por dia, suficiente para substituir 1.500 litros de gasolina comum diariamente.

O exemplo da Colômbia

Foto: Mobilize Brasil
Recentemente, a Scania anunciou a maior venda de sua história de ônibus urbanos que rodam exclusivamente com GNV e biometano. A Scania forneceu 481 ônibus para a frota do Transmilênio, sistema de Bus Rapid Transit (BRT) de Bogotá, na Colômbia. Todos os veículos contam com a tecnologia para utilização de gás natural, o que representa uma redução de emissões de mais de 98% de material particulado (PM), 96% de óxido de nitrogênio (NOx) e 20% de dióxido de carbono (CO2) em comparação com a maioria dos ônibus disponíveis na cidade colombiana. Ônibus a gás natural também circulam no sistema de BRTs Transcaribe (leia mais) de outra cidade colombiana, Cartagena, na região do Caribe. 

Mobilize Brasil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.