Header Ads

Fortaleza concentra 70% dos ataques a ônibus em 2019, aponta levantamento da NTU

Levantamento da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) aponta que Fortaleza registrou 7 em cada 10 ônibus queimados em 2019. Os dados foram fornecidos pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), segundo o jornal O Povo.

Foto: Helene Santos

A NTU informa que somente este ano 30 ônibus já foram incendiados no Brasil até as 17 horas de ontem. Destes, 22 foram na capital cearense.

Os demais ônibus atacados foram em Manaus, com 5 ocorrências; Ilhéus, na Bahia, com duas; e em Campo dos Goytacazes, estado do Rio, com uma.

Ainda segundo a NTU, Fortaleza superou em janeiro deste ano as perdas ocorridas ao longo de todo o ano passado, quando 20 ações foram registradas.

Segundo o levantamento da Associação, Fortaleza é a quarta cidade no ranking nacional de ônibus incendiados desde 2012, com 80 veículos destruídos. São Paulo, com 441 ônibus, ocupa o primeiro lugar da tabela, seguido por Rio de Janeiro (336) e Belo Horizonte (122).

O motivo para essa disparada nas ocorrências se deve aos ataques que aconteceram na capital do Ceará logo no início do ano. Criminosos incendiaram ônibus e prédios públicos em Fortaleza e outras cidades do estado.

A intensidade da onda de crimes levou a prefeitura a paralisar a circulação de ônibus na Grande Fortaleza.

Atualmente, os ônibus operam normalmente na capital, mas a operação Coletivo Seguro, da Polícia Militar, continua sendo feita.

O último ataque a ônibus na cidade ocorreu no dia 29 de janeiro.

Diário do Transporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.