Header Ads

Prefeito de Manaus cogita substituir duas empresas de transporte público

Momentos antes de abrir os trabalhos do terceiro ano da 17ª Legislatura da Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta quarta-feira (6), o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB), informou que cogita aceitar que cooperativas dos alternativos atuem no sistema tradicional de ônibus. Os veículos substituiriam duas empresas: Global e Açaí.

Prefeito de Manaus, Artur Neto, durante discurso na CMM. — Foto: Adneison Severiano/G1 AM

O G1 procurou as empresas citadas pelo prefeito, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Segundo Artur, houve uma reunião com um banco financiador e com uma empresa de carroceria de ônibus nesta terça-feira (6). "Tem duas empresas que não vejo muito jeito para elas: a Global e a Açaí. Elas têm perdido suas linhas sistematicamente para outras empresas do sistema", avaliou.

O prefeito destacou ainda que outras hipóteses, como o financiamento de 400 novos ônibus, estão sob análise.

"São aqueles veículos que hoje estão nas cooperativas dos alternativos. Eu disse ontem ao pessoal do transporte tradicional que não hesito um segundo em aceitar esses ônibus", declarou Arthur Neto.

O prefeito contou que a transição, caso aconteça, não ocorreria de forma abrupta. Segundo ele, o "passivo trabalhista inviabilizaria a mudança imediata".

"É uma questão delicada, mas, ao mesmo tempo, as empresas que permanecem no sistema estão me propondo colocar novos ônibus nas linhas que elas ganharem. Com isso, teríamos uma amenização do problema, basicamente causado por essas duas empresas", afirmou.

G1 AM

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.