Header Ads

Lesma 'intrometida' derruba energia elétrica e paralisa trens no Japão

Um corte de energia interrompeu a circulação de trens em uma ilha do Japão no mês passado. De acordo com autoridades do país, o transtorno foi causado por uma lesma. Mais de 12 mil pessoas foram afetadas pelo problema quando ao menos 30 trens pararam de circular em Kyushu, terceira maior ilha do arquipélago japonês.

Uma lesma pode ter causado a interrupção da circulação de trens na ilha de Kyushu, no Japão. Foto: NHSRCL

Os restos eletrocutados da lesma foram encontrados dentro de equipamentos próximos aos trilhos, disse a Japan Railways, consórcio de empresas que administra as linhas férreas do país asiático.

O incidente no Japão é parecido com um ocorrido em São Paulo. Em 1975, o metrô da cidade chegou a ficar horas sem circular depois que alguns ratos comeram a fiação de um túnel.

Depois do incidente, o metrô passou em investir em uma operação constante de controle de ratos e baratas. Segundo o site do metrô paulista, as armas desse combate são ratoeiras adesivas, inseticidas líquidos, gel tóxico e sachês com iscas de veneno.

Em 2016, uma doninha paralisou o Grande Colisor de Hádrons da Europa, o maior e mais potente acelerador de partículas do mundo. Na época, o animal morreu após morder uma fiação dentro de um transformador de alta tensão, causando um curto-circuito que interrompeu temporariamente o trabalho da máquina.

Na Inglaterra, uma lesma também alcançou notoriedade em 2011, segundo o jornal The Guardian. Ela teria se arrastado para dentro de uma caixa de controle de semáforos na cidade de Darlington, no norte do país, causando um curto-circuito que resultou em um "caos no trânsito" do município.

Dessa vez, segundo a mídia japonesa, a lesma conseguiu passar por um pequeno espaço e entrar em um seccionador de carga, interrompendo o fornecimento de energia que fazem os trens circularem.

BBC Brasil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.