Header Ads

Paris vai testar ônibus a hidrogênio em 2020

A cidade de Paris, por intermedio da empresa responsável pelos transportes públicos da capital francesa e arredores, a Régie Autonome des Transports Parisiens (RATP), testará no próximo ano um ônibus de célula de combustível a hidrogênio. Acordo nesse sentido foi firmado ontem (10) pela RATP com a fabricante Solaris.

Urbino 12, exposto em evento da UITP na Suécia. Créditos: Solaris/ Divulgação

Durante um período de dez semanas, entre abril e junho, operadora testará nas ruas de Paris um protótipo do ônibus a hidrogênio, como parte de um projeto do governo para ter uma frota de emissão zero até 2025.

A fabricante estreou o ônibus a hidrogênio Urbino 12 na exposição da Associação Internacional de Transporte Público (UITP ), que acontece esta quarta-feira em Estocolmo. 

Tecnologia 

O Urbino 12 hidrogênio opera com dois motores elétricos de 125 kW, que são alimentados por células de combustível de 60 kW, que por sua vez são alimentadas por hidrogênio armazenado em tanques tipo IV a uma pressão de 35,5 MPa.

Os cinco tanques montados no teto têm uma capacidade total de hidrogênio de 36,8 kg, que, segundo a Solaris, permite que o ônibus funcione por até 350 km antes de precisar reabastecer. O calor residual das células de combustível é usado para aquecer o interior por meio de uma bomba de calor de CO2.

O veículo também é equipado com uma pequena bateria de tração Solaris High Power para auxiliar em momentos de alta demanda de energia. A bateria armazena energia da frenagem regenerativa e do hidrogênio, e também pode ser carregada através do carregamento tradicional na garagem.

Mobilize Brasil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.