Header Ads

Chineses revelam patinete que pode voltar sozinho a estações

Para resolver um dos maiores problemas dos patinetes elétricos compartilhados, que ficam largados pelas ruas depois de seu uso, a Segway-Ninebot revelou, na China, um conceito que pode voltar às estações de recarregamento sozinho.

O presidente da Ninebot, Wang Ye, apresentou o patinete KickScooter T60, em Pequim — Foto: Florence Lo/Reuters

Chamado de KickScooter T60, o modelo deve chegar ao mercado em 2020 e também traz outro diferencial: o patinete tem duas rodas na dianteira, o que ajudaria a evitar quedas.

"O ponto crítico para as operadoras de patinetes é encontrar um jeito de manter os patinetes a um custo menor", disse Gao Lufeng, diretor executivo da Segway-Ninebot.

No modo de operação atual, as empresas precisam fazer a coleta dos patinetes manualmente. Uber e Lyft, as gigantes de aplicativos de viagens de carros, estariam entre as interessadas no modelo semiautônomo, informou a agência Reuters.

Segway-Ninebot

Formada pela união em 2015 da Ninebot da China e da Segway, pioneira em transporte nos Estados Unidos, a empresa se tornou a maior fornecedora de empresas de compartilhamento de patinetes como Bird e Lime.

"Acredito que os patinetes substituirão as bicicletas como a principal solução para a mobilidade", disse Gao. "É da natureza humana para economizar energia quando se viaja."

G1 Auto Esporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.