Header Ads

Natal: STTU quer liberação da Ponte Newton Navarro

O grupo religioso que instalou um bloqueio no acesso de pedestres na ponte Newton Navarro tem até essa quinta-feira (3) para remover a barricada. A determinação foi feita pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), que notificou o grupo na última terça-feira (1) da decisão. O acesso de pedestres da ponte foi bloqueado desde o dia 25 de setembro e, de acordo com o grupo, tinha como objetivo "desencorajar comportamentos suicidas".

Foto: Magnus Nascimento (Tribuna do Norte)
A questão da ausência de redes de proteção para a ponte Newton Navarro vem sendo tratada há meses pelos órgãos públicos e o grupo que atua no local. De acordo com a Secretaria do Estado de Infraestrutura (SIN), um projeto para a instalação de redes de proteção já foi aprovado pela Secretaria, e aguarda a entrada de recursos extras para que possam ser realizados.

Em maio deste ano, o projeto para a instalação da proteção na ponte foi apresentado por arquitetos e engenheiros dos conselhos de Arquitetura e Urbanismo e Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). O orçamento inicial da proposta foi de R$ 2,7 milhões, já disponibilizado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.

A assessoria de comunicação da pasta explica que, até a próxima segunda-feira (7), a Secretaria deve dar entrada, junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional, no pedido para o envio de recursos extras para financiar o projeto. A Secretaria não apresentou o valor final do empreendimento e quanto em recursos extras terão de ser solicitados para poder executar a obra.

De acordo com a SIN, a Secretaria apoia a preocupação do grupo com a questão da prevenção ao suicídio na ponte, e se reuniu em diversas ocasiões com seus representantes. “O secretário frisa, no entanto, que o apoio não pode se dar para irregularidades”, afirma a Secretaria, por meio da assessoria de imprensa.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.