Header Ads

Do diesel para o elétrico

Novas variantes no mercado europeu de ônibus urbano podem dar contornos de sustentabilidade ambiental para aqueles modelos de veículos mais antigos, que utilizam uma tecnologia ultrapassada. Nesse contexto, a empresa alemã e-troFit, especializada na eletrificação de veículos comerciais movidos a diesel, esteve presente na Busworld 2019 com os seus mais recentes desenvolvimentos para tal conversão.

Imagem - Divulgação

Sua tecnologia é formada por um kit que consiste em um trem de força elétrico completo, sistema de bateria, unidades auxiliares e uma unidade de controle de veículo inteligente (VCU), permitindo assim uma "segunda vida" ecológica ao veículo existente, em operação.

A solução, de acordo com marca alemã, dá a possibilidade das áreas urbanas se enquadrarem ao momento em que se busca um modelo de transporte mais limpo e em termos econômicos, destaca que sua concepção traz uma alternativa para a operação. A transformação de um ônibus a diesel por uma versão elétrica tem um custo 50% menor do que o valor de aquisição de modelo 100% elétrico novo.

Num comparativo bem simples, informado pela e-troFit, o custo total de operação (por quilômetro) de um ônibus elétrico gira em torno de 1,29 euros e 1,83 euros, incluindo a aquisição e operação do veículo, custos de energia, manutenção, infraestrutura de recarga, depreciação e valores residuais, com base de cálculo no tempo de vida útil 10 anos, operando na cidade, com 60.000 km rodados por ano. Já o custo por quilômetro do e-troFit é de 1,10 euros.

A empresa ainda informou que os modelos de ônibus a diesel Citaro, da marca Mercedes-Benz, podem receber o kit de conversão. Também estão previstos kits para outros modelos, de fabricantes variados, como o Lion´s City, da MAN. Tal conversão pode ser feita em um mês, após um período de avaliação das características do veículo a receber a nova tração.

Revista AutoBus

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.